Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 12 de junho de 2016. Atualizado às 18h58.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato Brasileiro

12/06/2016 - 18h58min. Alterada em 12/06 às 18h58min

Gatito Fernández brilha com grandes defesas e Figueirense supera Flamengo

Em partida de gala do goleiro Gatito Fernández, o Figueirense venceu por 1 a 0 o Flamengo, neste domingo (12), em Florianópolis, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Rafael Moura, ainda no primeiro tempo. Com a vitória, os catarinenses somam nove pontos na zona intermediária da tabela. Já o Flamengo permanece com dez pontos e segue fora do G4, a três do Corinthians, agora quarto colocado após ter sido derrotado por 1 a 0 pelo Palmeiras no clássico deste domingo.
O primeiro tempo no Orlando Scarpelli foi de um Flamengo dominando as ações e o Figueirense acuado, errando bastante e apostando no contra-ataque. A melhor oportunidade dos visitantes foi aos 14 minutos, quando Felipe Vizeu recebeu belo passe, invadiu a área e bateu de canhota. Gatito Fernández tirou com as pontas dos dedos.
Desorganizados, os catarinenses acharam um gol no final da primeira etapa em uma jogada que envolveu a participação de dois experientes jogadores. Carlos Alberto levantou da direita e Rafael Moura pegou um belo chute cruzado que foi parar no ângulo de Muralha, aos 41 minutos.
Se o gol deu um certo alívio aos torcedores alvinegros, o segundo tempo foi de terror. Durante 45 minutos o Flamengo rondou a área adversária e só não empatou por causa do goleiro alvinegro. Gatito Fernández apareceu aos oito e aos 20 minutos, nos chutes fortes de Alan Patrick, e aos 34, em cabeçada certeira de Felipe Vizeu.
O Figueirense chegou a assustar aos 11 minutos, com chute de Ermel, que parou em Muralha. Mas, com as saídas de Carlos Alberto e Rafael Moura, machucados, restou ao time catarinense se defender, e a estratégia valeu os três pontos.
Na próxima rodada, Figueirense e Flamengo jogam na quarta-feira, fora de casa. O time rubro-negro encara o Cruzeiro, no Mineirão, a partir das 21h45min, enquanto os catarinenses vão a Recife enfrentar o Santa Cruz, no Arruda, às 21 horas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia