Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 12 de junho de 2016. Atualizado às 17h36.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Fórmula 1

12/06/2016 - 17h36min. Alterada em 12/06 às 17h36min

Lewis Hamilton vence GP do Canadá e cola em Nico Rosberg

Hamilton comemorou a vitória ao lado do ator Michael Douglas

Hamilton comemorou a vitória ao lado do ator Michael Douglas


CHARLES COATES/GETTY IMAGES/AFP/JC
Um erro de estratégia da Ferrari no GP do Canadá de Fórmula 1 custou o que poderia ser a primeira vitória de Sebastian Vettel na temporada e ainda ajudou Lewis Hamilton a cruzar a linha de chegada em primeiro, acirrando a briga pelo Mundial de Pilotos. Neste domingo, o britânico venceu pela quinta vez em Montreal e encostou de vez no líder Nico Rosberg, seu companheiro de Mercedes.
Em uma tarde ruim para os brasileiros da categoria, Felipe Massa (Williams) abandonou a primeira corrida na temporada com problemas na unidade de potência, e Felipe Nasr (Sauber) foi o 18º colocado.
Apesar de ter saltado na frente e de ter um carro eficiente com possibilidades de vencer a prova, Vettel sofreu com a estratégia escolhida pela Ferrari de duas paradas, em vez de "marcar" Hamilton que vinha atrás e com ritmo mais lento. O britânico foi uma vez apenas aos boxes, reassumiu a ponta na segunda troca de pneus do alemão, e não foi ameaçado até a bandeirada final.
Após cruzar a linha de chegada Lewis Hamilton homenageou Muhammad Ali e, via rádio, repetiu o bordão do boxeador morto na semana passada: "Voe como uma borboleta, ferroe como uma abelha".  
Com o resultado, o tricampeão chegou a 107 pontos na briga para tomar a liderança de Rosberg, que terminou no quinto lugar e foi a 116. No Mundial de Construtores, a Mercedes "nada de braçadas" e foi a 223 pontos, enquanto a Ferrari aparece em seguida, com 147.
Confira o resultado final do GP do Canadá:
  • 1 - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), em 1h31min05s296
  • 2 - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 5s011
  • 3 - Valtteri Bottas (FIN/Williams), a 4s422
  • 4 - Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 53s020
  • 5 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 62s093
  • 6 - Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), a 63s017
  • 7 - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), a 63s634
  • 8 - Nico Hulkenberg (ALE/Force India), a uma volta
  • 9 - Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso), a uma volta
  • 10 - Sergio Perez (MEX/Force India), a uma volta
  • 11 - Fernando Alonso (ESP/McLaren), a uma volta
  • 12 - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), a uma volta
  • 13 - Esteban Gutierrez (MEX/Haas), a duas voltas
  • 14 - Romain Grosjean (FRA/Haas), a duas voltas
  • 15 - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), a duas voltas
  • 16 - Kevin Magnussen (DIN/Renault), a duas voltas
  • 17 - Pascal Wehrlein (ALE/Manor), a duas voltas
  • 18 - Felipe Nasr (BRA/Sauber), a duas voltas
  • 19 - Rio Haryanto (IND/Manor), a duas voltas
Não completaram:
  • Felipe Massa (BRA/Williams)
  • Jolyon Palmer (ING/Renault)
  • Jenson Button (ING/McLaren)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia