Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de junho de 2016. Atualizado às 00h43.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Atletismo

Notícia da edição impressa de 13/06/2016. Alterada em 12/06 às 21h31min

Mineiro e paranaense faturam a 33ª Maratona de Porto Alegre

Baixa temperatura não afugentou os mais de 7,5 mil corredores que participaram da prova


Ivo Gonçalves/PMPA/Divulgação/JC
Os termômetros marcavam dez graus, às 10h da manhã deste domingo, horário da largada das provas. A baixa temperatura, porém, não afugentou os mais de 7,5 mil corredores inscritos na 33ª Maratona Internacional Porto Alegre. Organizada pelo Clube de Corredores de Porto Alegre (Corpa), a competição teve como grande vencedor o mineiro João Fonseca, o João Gari, que completou o percurso de 42km em 2h21min. Entre as mulheres, a campeã foi a paranaense Valquíria Marques de Oliveira, cruzando a linha de chegada com o tempo de 3h01min.
O vencedor na categoria cadeirante foi Wellington Adriano Antunes de Souza, de Santana de Parnaíba, São Paulo. Com apenas 19 anos, ele participa de corridas há apenas nove meses. O corredor foi convidado pelo veterano Carlos Oliveira, o Carlão, que já venceu oito vezes a maratona e conquistou o segundo lugar em outras duas. Além da prova principal, os corredores puderam disputar a meia maratona, e os percursos de 10km, 5km e 3km.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia