Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de junho de 2016. Atualizado às 08h59.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

28/06/2016 - 09h00min. Alterada em 28/06 às 09h00min

Bolsa de Tóquio fecha perto da estabilidade com incertezas após Brexit

A Bolsa de Tóquio fechou perto da estabilidade nesta terça-feira (28), em meio a incertezas sobre a futura relação do Reino Unido com a União Europeia após a inesperada decisão dos britânicos de votar para o país abandonar o bloco, no plebiscito da semana passada.
O Nikkei, índice que reúne as ações mais negociadas na capital do Japão, teve alta marginal de 0,09%, encerrando o dia a 15.323,14 pontos, depois de avançar 2,39% no pregão anterior.
Apesar da recuperação vista no mercado japonês ontem, permanecem dúvidas de como e quando o Reino Unido irá deixar a UE, depois da vitória do chamado "Brexit". Desta forma, fica mais difícil para as empresas definirem sua estratégia operacional.
Ações de exportadoras e do setor financeiro recuaram em Tóquio hoje. A montadora Toyota caiu 3,4%, enquanto o fabricante de equipamentos fotográficos Canon perdeu 2,9% e a seguradora MS&AD Insurance Group Holdings teve queda de 3,9%.
Já a corretora Nomura registrou baixa de 1,7%, ampliando as perdas no ano a 48%, enquanto a seguradora Dai-ichi Life Insurance cedeu 1%, com a desvalorização em 2016 chegando a 47%.
Por outro lado, a varejista de roupas Shimamura saltou 8,8%, após divulgar aumento nas vendas e no lucro do trimestre encerrado em 20 de maio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia