Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 15 de junho de 2016. Atualizado às 17h17.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Energia

Notícia da edição impressa de 15/06/2016. Alterada em 15/06 às 17h17min

Ministério revê corte e restabelece orçamento da Aneel de R$ 120 milhões para este ano

O Ministério de Minas e Energia (MME) restabeleceu o orçamento original da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para 2016, de R$ 120 milhões. O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, informou que um ofício enviado pelo ministério na sexta-feira passada recompôs a verba original da agência reguladora, que havia sofrido corte, tendo ficado em R$ 44 milhões.
A decisão foi possível após o Congresso ter aprovado a mudança na meta fiscal, em 25 de maio, que permitiu que o governo encerre o ano com um déficit de R$ 170,5 bilhões. Com a decisão, a Central de Teleatendimento e Ouvidoria, canal por meio do qual os consumidores podem fazer reclamações sobre os serviços das distribuidoras, volta a funcionar na segunda-feira.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia