Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 15h49.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Siderurgia

Notícia da edição impressa de 10/06/2016. Alterada em 27/12 às 16h50min

Gerdau vê exportação como único caminho para o setor do aço no curto prazo

 Matéria Siderurgia - Linha de produção - Bobinas - Gerdau - divulgação jc

Matéria Siderurgia - Linha de produção - Bobinas - Gerdau - divulgação jc


GERDAU/DIVULGAÇÃO/JC
O diretor-presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter, avalia que o setor de aço no Brasil está em crise por causa de uma combinação de fatores externos, ligados principalmente à China, e de questões internas, onde se verifica uma forte queda no consumo de aço.
Para o executivo, o único caminho para o setor no curto prazo é a exportação. "O problema de sobrecapacidade da China veio para ficar, e é difícil saber quantos anos irá durar", disse o executivo, durante participação no 27º Congresso do Aço, em São Paulo. "No Brasil, a queda no consumo é dramática. E essa conjunção de fatores coloca o futuro do setor numa posição muito difícil."
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia