Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 07 de junho de 2016. Atualizado às 19h14.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

petróleo

07/06/2016 - 19h14min. Alterada em 07/06 às 19h14min

Petrobras coloca à venda terminais de GNL com termelétricas associadas

Em mais uma etapa do seu processo de desinvestimentos, a Petrobras anunciou nesta terça-feira (7), que iniciou processo competitivo para a venda de seus terminais de Gás Natural Liquefeito (GNL) no Rio de Janeiro e no Ceará, com termelétricas associadas às unidades.
De acordo com a petroleira, a capacidade de regaseificação é de 20 milhões de m3 por dia no terminal do Rio de Janeiro e de 7 milhões de m3 por dia no terminal do Ceará.
A Petrobras disse que, até o momento, não há qualquer acordo firmado que confira segurança quanto à conclusão da transação, nem deliberação por parte da diretoria executiva ou do conselho de administração. A meta da empresa é se desfazer de US$ 14,4 bilhões em ativos só neste ano.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia