Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 19h58.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Mobilidade

Notícia da edição impressa de 23/06/2016. Alterada em 22/06 às 19h38min

Prefeitura paulista oferece bônus para incentivar o compartilhamento

Resolução publicada na semana passada pela prefeitura de São Paulo liberou um "bônus" para incentivar o compartilhamento de um mesmo carro por passageiros diferentes para viagens feitas em aplicativos de transporte, como o Uber e o Cabify. Pela norma, cada quilômetro percorrido em viagens assim vai descontar um quilômetro do limite que as empresas têm para operar.
Por exemplo: se a viagem é feita por passageiro em uma viagem comum, a cada quilômetro percorrido, é descontado um quilômetro do limite de quilometragem estabelecido pela prefeitura. Mas se a viagem é de compartilhamento (quando um passageiro aceita dividir o carro com um desconhecido, que fará trajeto parecido), o quilômetro percorrido, na verdade, equivale a "- 1 quilômetro" da cota da empresa. Se há duas pessoas no carro, menos 2, e assim sucessivamente, até o limite de quatro pessoas viajando no mesmo carro.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia