Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de maio de 2016. Atualizado às 22h42.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

novo governo

Notícia da edição impressa de 17/05/2016. Alterada em 16/05 às 22h41min

Jungmann toma posse na Defesa e promete reajuste

 raul jungmann foto Wilson Dias Agência Brasil

raul jungmann foto Wilson Dias Agência Brasil


WILSON DIAS/ABR/JC
Ao tomar posse no Ministério da Defesa, Raul Jungmann (PPS) elogiou o comportamento das Forças Armadas em "uma das mais severas crises enfrentadas pelo País", lembrando que elas "se mantiveram impecáveis" e "sob o âmbito constitucional, no limite de suas competências". Depois de citar que "as Forças Armadas são instituição de Estado que se mantém, e assim deve ser, acima de disputas partidárias ou polêmicas conjunturais", Jungmann afirmou que elas mantiveram, neste momento de "tremendo transe que o País viveu nos últimos meses" (se referindo afastamento da presidente Dilma Rousseff, do PT, por determinação do Senado), "posição constitucional atenta e serena" e que isso representou "uma glória para as nossas Forças".
Antes de Jungmann falar, foi a vez do comandante da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Rossato, falando em nome dos militares, ressaltar que, "acertadamente, as Forças Armadas se desengajaram da política partidária, deixando para os políticos este engajamento". Rossatto disse ainda que a missão constitucional das Forças Armadas, hoje, "não deixa dúvidas quanto à priorização da defesa do País". Salientou, no entanto, que, para isso, "continuaremos a insistir na necessidade de termos Forças Armadas mais bem equipadas".
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia