Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 09 de maio de 2016. Atualizado às 20h18.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

câmara dos deputados

09/05/2016 - 20h05min. Alterada em 09/05 às 20h17min

PHS deve entrar com ações para anular decisão e cassar mandato de Maranhão

O líder do PHS na Câmara, Marcelo Aro (RJ), aproveitou a presença de jornalistas na sala da presidência após o pronunciamento do presidente interino Waldir Maranhão (PP-MA), para anunciar que o partido vai entrar com duas ações contra a decisão de anular o processo de votação da admissibilidade do impeachment na Casa.
No Supremo Tribunal Federal, diz o deputado, o PHS vai entrar com uma ADPF, sigla para Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental, para que a Corte "deixe claro o rito processo de impeachment". Além disso, o partido deverá entrar com pedido de cassação do presidente interino da Câmara.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia