Porto Alegre, terça-feira, 03 de maio de 2016. Atualizado às 21h38.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
21°C
11°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5680 3,5700 2,26%
Turismo/SP 3,4500 3,7100 2,20%
Paralelo/SP 3,4500 3,7100 2,20%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Crise Política 03/05/2016 - 21h38min. Alterada em 03/05 às 21h38min

Programa de Temer vai contra conquistas sociais e trabalhistas, diz Rossetto

O programa proposto até aqui por um eventual governo do vice-presidente Michel Temer, caso o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff siga adiante, vai contra conquistas sociais e trabalhistas e jamais passaria pelo crivo das eleições, afirmou nesta terça-feira (3) o ministro do Trabalho e da Previdência Social, Miguel Rossetto. Para o ministro, Temer tornou-se "um impostor" ao rasgar "seus compromissos constitucionais" e fazer a opção de "ir para a ilegalidade".
"O programa anunciado pelo vice-presidente Michel Temer é claramente destruidor de conquistas sociais e trabalhistas do povo brasileiro. É bem por isso que parte das elites econômicas e políticas reacionárias deste País promove o golpe. Essa proposta de País que ele representa jamais será eleita pelo povo brasileiro no ambiente democrático, por isso tem de ser combatido", afirmou Rossetto, pouco antes de participar do lançamento, no Rio, da Linha de Crédito FAT Cultura, ao lado do ministro da Cultura, Juca Ferreira.
A linha de crédito vai disponibilizar R$ 100 milhões para capital de giro e investimentos direcionados a empresas com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões e microempreendedores individuais (MEI). Os empréstimos poderão ser pedidos a partir de segunda-feira, dia 9. A linha será operada pelo Banco do Brasil.
O foco da linha de crédito é a cadeia produtiva da música. O evento de anúncio reuniu artistas como os compositores Lenine, Ivan Lins e Roberto Frejat na Fundação Casa de Rui Barbosa.
Segundo Rossetto, medidas anunciadas recentemente, como essa linha de crédito ou o reajuste do benefício do Bolsa Família, mostram que o governo federal "está governando", pois foi eleito para isso.
Já o ministro da Cultura defendeu "políticas de Estado" para a área e a correta remuneração dos músicos e demais artistas em função da atualização dos mecanismos de cobrança de direitos autorais, inclusive as novas tecnologias. Juca Ferreira também criticou o processo de impeachment de Dilma. "Estou muito engajado no sentido de resistir a um governo ilegítimo e a um golpe de Estado", afirmou o ministro, aplaudido pela plateia.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Líder do DEM diz que denúncia contra Lula mostra que 'ninguém está acima da lei'
Lula foi incluído hoje no inquérito que investiga o senador Delcídio Amaral
Dilma diz que é confortável para os golpistas que a injustiça não seja visível
A presidente Dilma Rousseff afirmou, durante cerimônia do Plano Safra da Agricultura Familiar, no Palácio do Planalto, que não irá renunciar
Organização criminosa jamais teria operado sem Lula, afirma Janot
Segundo Janot, "embora afastado formalmente do governo, o ex-presidente Lula mantém o controle das decisões mais relevantes"
Dilma diz que 'querem encurtar caminho para democracia' e que é vítima de fraude
"A democracia brasileira sofre um assalto", proferiu a presidente da República

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo