Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de maio de 2016. Atualizado às 00h30.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Habitação

Notícia da edição impressa de 30/05/2016. Alterada em 29/05 às 22h31min

Prédio da Lanceiros Negros estava sendo preparado para abrigar Defesa Civil e Secom

Reformas teriam sido iniciadas 45 dias antes da chegada das famílias

Reformas teriam sido iniciadas 45 antes da chegada das famílias


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Isabella Sander
Ocupado desde novembro do ano passado por 70 famílias, o prédio de propriedade do governo do Estado localizado na esquina das ruas General Câmara e Andrade Neves, Centro de Porto Alegre, serviria de espaço para parte do trabalho da Defesa Civil e da Secretaria Estadual de Comunicação (Secom). Atualmente, os serviços operam em salas alugadas. A edificação estava abandonada há 12 anos. Antes disso, lá funcionavam algumas atividades do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS).
Segundo informações da Casa Civil estadual, a Ocupação Lanceiros Negros foi iniciada 45 dias após o começo de reformas no local. A energia elétrica e a água encanada tinham sido reativadas e a equipe de limpeza realizava faxinas no prédio. Os reparos necessários para receber os serviços estaduais, contudo, não constam em nenhum estudo de viabilidade.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia