Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de maio de 2016. Atualizado às 23h45.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança

Notícia da edição impressa de 19/05/2016. Alterada em 18/05 às 23h44min

Ugeirm vai à Justiça pela nomeação de concursados

O departamento jurídico do Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia (Ugeirm) ingressou com ação civil pública na Justiça gaúcha pedindo a nomeação e convocação dos 650 policiais concursados. A intenção é amenizar o déficit de efetivo da Polícia Civil.
Além disso, a Ugeirm protocolou, na Assembleia Legislativa, uma emenda à Lei Orçamentária de 2016, buscando assegurar recursos para a nomeação dos aprovados, uma vez que o impacto financeiro é a principal justificativa do Estado. A emenda, no entanto, foi rejeitada.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia