Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 08 de maio de 2016. Atualizado às 20h28.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato gaúcho

08/05/2016 - 20h28min. Alterada em 08/05 às 20h28min

Argel vibra com título do Internacional no Campeonato Gaúcho: 'hexa é diferente'

Para o técnico Argel Fucks, a conquista foi fruto de muito esforço por parte da equipe

Para o técnico Argel Fucks, a conquista foi fruto de muito esforço por parte da equipe


MARIANA CAPRA/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Ao vencer o Juventude por 3 a 0, neste domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional sagrou-se hexacampeão gaúcho. Há 40 anos uma equipe não conseguia vencer seis vezes seguidas o Estadual do Rio Grande do Sul. Para o técnico Argel Fucks, a conquista foi fruto de muito esforço por parte da equipe.
"A nossa maior obrigação era trabalhar bem, fazer o nosso melhor e pensar no coletivo. Trabalhamos e nada resiste ao trabalho. Se a gente buscou o hexa é porque trabalhamos e nos dedicamos muito. O hexacampeonato é diferente de qualquer coisa e conseguimos entrar para a história do clube", decretou o treinador.
"Seguimos o planejamento de apostar nos jovens da casa para rejuvenescer esse time e trazer jogadores com fome de título. Conseguimos mesclar jogadores da base e hoje acabamos o jogo com oito atletas da base", explicou Argel.
O técnico aproveitou para citar o título da Recopa Gaúcha, na partida da segunda rodada do Estadual, em cima do São José. Para Argel, os treinadores precisam mostrar resultados com taças conquistadas. "O treinador vive de títulos. Esse é o meu segundo dentro do Inter, o terceiro na carreira. Não adianta trabalhar, trabalhar e não ganhar no final. A gente vive de títulos", comentou o treinador, que foi campeão catarinense pelo Figueirense no ano passado.
Agora o Internacional entra embalado no Campeonato Brasileiro. A estreia da equipe colorada acontece no próximo domingo, às 18h30 no estádio Beira-Rio, contra a Chapecoense, que se sagrou campeã catarinense de 2016.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia