Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 08 de maio de 2016. Atualizado às 19h26.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

futebol

08/05/2016 - 19h26min. Alterada em 08/05 às 19h26min

Santa Cruz segura empate com Sport e fatura bi pernambucano; Atlético-PR campeão

Após vencer o jogo de ida por 1 a 0 em casa, o Santa Cruz anulou o ataque do Sport neste domingo, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, manteve o empate por 0 a 0 e conquistou o bicampeonato pernambucano, o seu 29.º na história. Este foi o segundo título do time coral em uma semana, pois a equipe do técnico Milton Mendes levantou a taça da Copa do Nordeste no domingo passado.
Com um bom posicionamento tático e a presença segura do goleiro Tiago Cardoso, o Santa Cruz conseguiu segurar bem as investidas do arquirrival. No entanto, o domingo foi mais especial para o atacante Grafite, que conquistou pela primeira vez um título como capitão do Santa Cruz.
Agora as duas equipes pernambucanas voltam as suas atenções para a estreia no Campeonato Brasileiro da Série A. No sábado, o time rubro-negro encara o Flamengo fora de casa. O Santa Cruz volta à primeira divisão diante do Vitória, no dia seguinte, no estádio do Arruda, no Recife. No entanto, antes do jogo contra os baianos, o time tricolor entra em campo contra o Vitória da Conquista-BA, pela Copa do Brasil.
ATLÉTICO-PR É CAMPEÃO NO COUTO PEREIRA - Após fazer 3 a 0 no jogo de ida, na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense não recuou no estádio Couto Pereira, em Curitiba, e venceu o Coritiba por 2 a 0, garantindo o seu 23.º título do Campeonato Paranaense.
Os atacantes Walter e Ewandro fizeram os gols da partida e garantiram a festa dos comandados do técnico Paulo Autuori. Assim, o Atlético colocou fim a uma série de seis anos sem conquistas, pois não era campeão desde o Paranaense de 2009.
VITÓRIA PERDE PARA BAHIA, MAS É CAMPEÃO - Apesar da derrota por 1 a 0 diante do Bahia neste domingo, na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Vitória se sagrou campeão baiano de 2016. Feijão balançou as redes para o time tricolor, mas a equipe rubro-negra contou com a vantagem conquistada na vitória por 2 a 0, no estádio Barradão, para garantir o fim do jejum de dois anos sem títulos.
ESTADUAIS PELO BRASIL - Na Arena Condá, em Chapecó (SC), a Chapecoense saiu atrás no marcador, mas contou com a estrela do artilheiro Bruno Rangel para buscar o empate por 1 a 1 com o Joinville e garantir o título do Campeonato Catarinense. A partida de ida havia terminado com vitória por 1 a 0 para o time alviverde.
Pela segunda partida da decisão do Campeonato Goiano, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, Ivan foi o nome do jogo. Após o placar de 1 a 1 no tempo regulamentar, o goleiro do Goiás defendeu a última cobrança do Anápolis na disputa de pênaltis e garantiu por 5 a 4 o título estadual de 2016. Assim, o time esmeraldino chegou à marca de 26 conquistas.
Sem muito esforço, pois já havia goleado por 4 a 1 no jogo de ida fora de casa, o Fortaleza venceu o Uniclinic por 1 a 0, também neste domingo, na Arena Castelão, em Fortaleza, e assegurou o bicampeonato cearense. O gol da partida foi marcado contra pelo zagueiro André Lima.
Em Alagoas, após vencer o jogo de ida por 2 a 0, o CRB fez 1 a 0 no CSA, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e garantiu o seu 29.º título estadual - ainda atrás dos 37 conquistados pelo arquirrival. O único gol do jogo aconteceu aos 46 minutos do segundo tempo, com o artilheiro Neto Baiano.
O Luverdense venceu o Sinop por 1 a 0, neste domingo, em Sinop (MT), derrubou a invencibilidade do rival que durava dois anos sem derrotas em seu estádio e se sagrou tricampeão mato-grossense. O empate por 0 a 0 na ida obrigou as equipes a irem para cima e os visitantes contaram com o artilheiro Alfredo para garantir o título. O atacante chegou a 13 gols no Estadual.
Após superar grande pressão durante quase todo o jogo, o Sete de Dourados fez 2 a 0 no Comercial, no estádio das Moreninhas, em Campo Grande, e garantiu o título inédito do Campeonato Sul-mato-grossense. Após vencer por 2 a 1 em casa, Mário Lúcio e Halef balançaram as redes aos 42 e 46 minutos do segundo tempo.
CAMPEONATO MARANHENSE - Neste domingo, o Sampaio Corrêa venceu o Moto Club por 2 a 1, no estádio Castelão, em São Luís, e saiu na frente na decisão do título do segundo turno do Campeonato Maranhense. Edgar abriu o placar para o Sampaio Corrêa, Renan Dutra empatou e Carlos Alberto garantiu a vitória.
Agora o Sampaio Corrêa tem a vantagem do empate no próximo jogo, no dia 18, para garantir o título do segundo turno e levar a decisão estadual para mais dois jogos. O Moto Club tem a melhor campanha do torneio e, portanto, tem de vencer por qualquer placar para se sagrar campeão do Maranhão em 2016, pois conquistou o primeiro turno.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia