Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de maio de 2016. Atualizado às 17h59.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

incentivos

23/05/2016 - 17h58min. Alterada em 23/05 às 17h59min

Governo gaúcho prorroga benefícios ao setor coureiro-calçadista

Sartori participou hoje da abertura oficial do 25º Salão Internacional do Couro e do Calçado

Sartori participou hoje da abertura oficial do 25º Salão Internacional do Couro e do Calçado


Karine Viana/Palacio Piratini/JC
O governador José Ivo Sartori anunciou, nesta segunda-feira (23), a renovação de incentivos fiscais para o setor coureiro-calçadista no Estado. O governador assinou - durante abertura oficial do 25º Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC), em Gramado, na serra gaúcha - decreto que prorroga a concessão de créditos presumidos de ICMS para empresas gaúchas até 31 de maio de 2017, com objetivo de apoiar e preservar a empregabilidade do setor.
O decreto prevê a concessão de créditos presumidos de ICMS na comercialização para outros estados, com redução de 12% para 11% a alíquota do imposto na saída dos produtos, de 1º de junho de 2016 a 31 de maio de 2017.
Para Sartori, a prorrogação dos incentivos fiscais "é um reconhecimento ao trabalho da indústria que gera emprego, renda e contribui para o desenvolvimento do Estado. Mesmo diante das dificuldades financeiras, o governo vem mantendo uma política de incentivo aos setores econômicos mais importantes da economia gaúcha, com o objetivo de assegurar competitividade e manutenção dos empregos".
O presidente da SICC, Frederico Plestch Neto, lembrou que com a força dos sindicatos a feira de negócios tornou-se uma das mais importantes da América do Sul nesta edição, com 350 expositores, e segue até o dia 25 de maio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia