Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de maio de 2016. Atualizado às 23h29.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Gestão

Notícia da edição impressa de 20/05/2016. Alterada em 19/05 às 23h30min

Pedro Parente será novo presidente da Petrobras

Parente aceitou o cargo em reunião com Michel Temer nesta quinta

SP - PETROBRAS/PRESIDÊNCIA/PEDRO PARENTE/ARQUIVO - ECONOMIA - Foto de arquivo de 23/09/2014 de Pedro Parente, sócio-diretor do grupo de empresas Prada de consultoria e assessoria financeira. A Presidência da República confirmou nesta noite de quinta-feira, 19, o nome de Pedro Parente como o novo presidente da Petrobras. Parente aceitou o cargo em reunião com o presidente em exercício Michel Temer (PMDB) e substituirá Aldemir Bendine. O novo presidente da Petrobras é atualmente presidente do conselho de administração da BM&FBovespa. (CONFIRA MAIS OPÇÕES DE FOTOS NO BANCO DE IMAGENS.) 23/09/2014 - Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO


FELIPE RAU/AE/JC
A presidência da República confirmou, nesta quinta-feira, o nome de Pedro Parente como o novo presidente da Petrobras. Parente aceitou o cargo em reunião com o presidente interino Michel Temer (PMDB) e substituirá Aldemir Bendine.
Ex-presidente do Banco do Brasil (BB), Bendine assumiu o cargo em fevereiro de 2015 em meio ao escândalo de corrupção envolvendo a estatal - investigada na Operação Lava Jato - como uma alternativa para recuperar a imagem da companhia. Bendine já havia sido avisado por Temer que deixaria o cargo. Ele deve participar de um processo de transição com Parente.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia