Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de maio de 2016. Atualizado às 23h30.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 20/05/2016. Alterada em 19/05 às 23h30min

Tesouro não pode manter Infraero nas concessões

Nova área do terminal 2 do Galeão começa a operar na segunda-feira

Expansão do aeroporto do Galeão tem 26 pontes de embarque, 6 mil metros quadrados dedicados a área VIP e novas lojas


TÂNIA RÊGO/ABR/JC
O secretário-executivo do Programa de Parcerias e Investimentos do governo interino, Moreira Franco, disse, nesta quinta-feira, que o Tesouro não tem mais condições de bancar a Infraero como sócia dos consórcios de concessão de aeroportos. "Hoje, a realidade mostra que a fantasia acabou", afirmou, referindo-se ao modelo vigente nas primeiras concessões, que garantiu à Infraero 49% de participação nos consórcios.
Atualmente, as empresas que administram os terminais argumentam que estão sem recursos para fazer o pagamento da parcela anual da outorga e pediram ao governo que adie a data do pagamento, prevista para o próximo mês.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia