Porto Alegre, terça-feira, 03 de maio de 2016. Atualizado às 10h00.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
17°C
21°C
10°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5400 3,5420 1,46%
Turismo/SP 3,4000 3,6300 2,25%
Paralelo/SP 3,4000 3,6300 2,25%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Conjuntura 03/05/2016 - 09h36min. Alterada em 03/05 às 10h00min

Inflação de Porto Alegre sobe de 0,85% para 1,05% na 4ª quadrissemana de abril

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal da cidade de Porto Alegre (IPC-S/Porto Alegre) registrou variação de 1,05%, na apuração realizada na quarta semana de abril de 2016, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado foi 0,20 ponto percentual (p.p.) superior ao divulgado na terceira semana de abril, que foi de 0,85%, e segue o mais alto entre as capitais pesquisadas.
Nesta edição, três das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram aceleração em suas taxas de variação, entre as quais se destacam os grupos: Saúde e Cuidados Pessoais e Transportes, cujas taxas passaram de 1,16% para 2,55%, e de 1,72% para 2,36%, respectivamente.
A análise deste resultado mostra que as pressões acima da variação média foram exercidas pelos grupos: Saúde e Cuidados Pessoais; 2,55%, Transportes; 2,36% e Alimentação; 1,69%. Mostra também que se situaram em nível abaixo da variação média os grupos: Vestuário; 0,46%, Habitação; 0,15%, Comunicação; 0,11%, Despesas Diversas; 0,04% e Educação, Leitura e Recreação; -1,02%.
O núcleo do IPC-S/Porto Alegre registrou variação de 0,84%. Em relação a março, quando a taxa ficou em 0,62%, o núcleo avançou 0,22 (p.p.). No ano, o indicador apresentou variação de 3,28%, e nos últimos 12 meses, 9,10%. Para o cálculo do núcleo foram excluídos os itens com variações inferiores a 0,36% e superiores a 1,68%.
No geral, o IPC-S avançou de 0,38% para 0,49% entre os dois períodos.
Por região, as variações do IPC-S foram de 0,19% para 0,34% em Salvador; de 0,49% para 0,66% em Brasília; de 0,08% para 0,15% em Belo Horizonte; de 0,42% para 0,46% no Recife; de 0,26% para 0,40% no Rio de Janeiro e de 0,29% para 0,31% em São Paulo.
Com informações da Agência Estado.
A tabela a seguir, apresenta as variações percentuais dos municípios das sete capitais componentes do índice, nesta e na apuração anterior.
IPCS
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Meirelles diz que primeiro objetivo deve ser a retomada da confiança
Segundo Meirelles, um "aspecto chave" para conseguir retomar a confiança é colocar a dívida pública em trajetória de queda
'Vemos o Brasil no longo prazo', diz chefe da City de Londres
Jeffrey Mountevans, afirmou que os investidores britânicos estão confiantes de que a crise econômica no Brasil será resolvida
Empresas do Brasil enfrentam crescente desafio com liquidez, diz Moody's
Entre as empresas brasileiras, 33% tinham risco de financiamento em 2015, ante 28% de 2014, segundo relatório da Moody's
PMI Industrial do Brasil cai a 42,6 em abril ante 46 em março, diz Markit
Esse é o menor patamar do indicador desde março de 2009, sendo que abril é o 15º mês consecutivo de recuo na demanda interna

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo