Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de maio de 2016. Atualizado às 10h22.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 12/05/2016. Alterada em 11/05 às 22h53min

Coração partido

Esquadrilha da Fumaça desenhou um coração no céu de Brasília

Esquadrilha da Fumaça desenhou um coração no céu de Brasília


APOLOS PAZ/DIVULGAÇÃO/JC
O coração desenhado no céu de Brasília pela Esquadrilha da Fumaça durante solenidade da tocha olímpica pode ter vários significados à luz dos acontecimentos, que levaram o eletrocardiograma do coração pátrio à loucura. Pode ser o prosaico haja coração ou qualquer outro dos milhares de sentimentos ligados a ele, como coração partido. Ou infartado.

Música de Bremen

A violoncelista porto-alegrense Ana Lúcia Arigoni de Souza, 24 anos, está concluindo seu bacharelado em Música na Escola Superior de Artes de Bremen, na Alemanha, e foi a única brasileira aceita para o mestrado na Royal Academy of Music em Londres. Problema: grana. Quem quiser ajudar, entre no https://benfeitoria.com/ananaram.

Surpresa

A promoção de Dia das Mães do Iguatemi Porto Alegre não refletiu a crise. O shopping teve um aumento de 40% no fluxo de veículos e, em 11 dias de promoção, o crescimento de participantes foi de 20%, comparado com a mesma data de 2015, informa Nailê Santos, gerente-geral do shopping.

Vitamina C2

Leitor comenta a nota da ineficácia da vitamina C na prevenção de gripes, aduzindo que ela por si só pode não ter esse poder, mas que lá nas bandas de Tapes ouviu de um nonagenário que a vitamina C só funciona quando juntada com um liso de canha. Então é a vitamina C2 - o C normal mais o C de cachaça.

Trancou onde?

Cidadão pagou o IPVA em 17 de abril e, até agora, não recebeu os documentos do Detran, embora conste que houve o despacho no dia 20. Consultada, a EPTC informou que conhece o problema, mas que, se o carro do cidadão e de milhares de outros que também esperam pela liberação for parado em uma blitz, será recolhido por estar com a documentação irregular. Como sair dessa?

Promessas de campanha

O presidente do PP no Rio Grande do Sul, Celso Bernardi, contou um episódio envolvendo o presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-AM). Dois dias antes da votação do impeachment, Maranhão apareceu num vídeo dizendo que votaria contra o impeachment, porque prometeram que o PP receberia um segundo ministério e mais cargos. Confrontado, o ator sorriu sem graça.

Agora vai mesmo

Palestrante do Tá na Mesa da Federasul (matéria nesta edição), o secretário Pedro Westphalen (PP), dos Transportes, estava todo pimpão. Natural, porque agora o governo José Ivo Sartori (PMDB) pode licitar rodovias pedagiadas. O secretário dos Transportes estima em pelo menos um ano o início da primeira estrada concedida.

Nada muda

A diferença entre os discursos nos legislativos de antigamente e os de hoje é que antes os parlamentares caprichavam na tribuna para ganhar espaço na imprensa e assim chamar a atenção do eleitorado. Hoje, eles falam, falam e afora as exceções, como na sessão de ontem, ninguém dá a mínima. O que não mudou foram os dedos em riste e as falas empostadas. Um discurso bem feito é avis rara.

O relógio da história I

Até senadores governistas como o gaúcho Paulo Paim (PT) ficaram preocupados com o timing da votação. Plenamente justificada, aliás, porque o seu número na fila era o 56. Já o senador Lasier Martins (PDT) chegou a pedir para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), limitar a duração das falas. Desde sempre, político adora queimar a largada e atrasar a chegada.

O relógio da história II

O maior inimigo dos discursadores que gostam de exagerar na palavra, o insumo mais barato que existe, é o relógio. Longevidade não quer dizer clareza no recado. Existe uma regra não escrita que diz o seguinte: político que não consegue administrar uma ideia fechada, início, meio e fim em não mais que um minuto e meio, não é o que ele pensa que é.

Roma locuta...

As razões do fracasso de Dilma Rousseff (PT) são como acidente de avião, não existe uma só, é uma sucessão de eventos. Praticamente todos eles já foram dissecados, mas um deles foi muito importante: ela confundia e ainda confunde autoridade com autoritarismo, uma espécie de infalibilidade presidencial.

...causa finita

Já no primeiro mandato, ministros e assessores se pelavam de medo quando tinham que dar alguma má notícia, ponderar sobre algum ato de governo ou fazer uma crítica construtiva. Ninguém queria amarrar o guiso no rabo do gato. Essa postura compromete até a gestão de uma lancheria, imagina de um país.

Miúdas

  • VOTAÇÃO no Senado despertou interesse no povão. A indagação mais repetida: quando termina?
  • SE depender da opinião de boa parte dos clientes de lancherias populares, Dilma já vai tarde.
  • RADICALIZAÇÃO dos movimentos sociais já era precificada. A pergunta é: por quanto tempo manterão o banzé?
  • COMO as torneiras de recursos secaram, a questão é saber de onde virá o dinheiro. Não existe barricada grátis.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Carlos Alberto Schneider 12/05/2016 10h11min
"COMO as torneiras de recursos secaram, a questão é saber de onde virá o dinheiro. Não existe barricada grátis".nPrezado Jornalista. Parabéns pela frase acima.perfeita. A gente sabe da onde vem o dinheiro para esta bagunça, aliás, é inexplicável trancar estradas, vias públicas, etc...Culpo, em parte as autoridades, por "falta de iniciativa e autoridade". Tem que proibir e pronto. Não cumpriu, aviso para liberar e cinco minutos após, retirar a força. E +, quem sujou tem que deixar limpo.