Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 15h19.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Navegação

Notícia da edição impressa de 02/06/2016. Alterada em 27/12 às 16h21min

Movimentação portuária cresceu 2,9% no trimestre

Rio Grande, com alta de 18,9% no período janeiro-março, foi um dos destaques entre os 10 maiores portos

Rio Grande, com alta de 18,9% no período janeiro-março, foi um dos destaques entre os 10 maiores portos


SUPRG/DIVULGAÇÃO/JC
O setor portuário brasileiro (portos organizados e terminais privados) movimentou 230,9 milhões de toneladas no primeiro trimestre de 2016. Isso representou um crescimento de 2,9% em relação ao mesmo período de 2015, quando a movimentação de cargas foi de 224,7 milhões de toneladas. No primeiro trimestre de 2016, os portos organizados movimentaram 82,3 milhões de toneladas de carga bruta. Os TUPs (terminais de uso privado), 148,6 milhões de toneladas brutas. Os dados são da Antaq (Agência Nacional de Transprote Aquaviário).
O movimento nos portos organizados apresentou acréscimo de 4,8% no primeiro trimestre de 2016, quando comparado com o mesmo trimestre de 2015, quebrando uma sequência dos últimos trimestres, na qual os TUPs vinham registrando taxas de crescimento superiores. Enquanto isso, nesse primeiro trimestre de 2016, os terminais privados apresentaram um aumento de 1,9% comparado ao primeiro trimestre de 2015.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia