Porto Alegre, segunda-feira, 11 de abril de 2016. Atualizado às 23h41.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
22°C
26°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,4930 3,4950 2,83%
Turismo/SP 3,5200 3,6900 3,14%
Paralelo/SP 3,5200 3,6900 3,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Peru Notícia da edição impressa de 12/04/2016. Alterada em 11/04 às 21h05min

Keiko Fujimori vai enfrentar ex-ministro PPK no segundo turno

MARTIN BERNETTI/AFP/JC
Liberal, Pedro Pablo Kuczynski defende a flexibilização trabalhista e mais acordos de livre comércio

A definição dos dois candidatos que vão ao segundo turno no Peru mostra que a direita segue ganhando espaço no continente que, nos últimos 15 anos, foi majoritariamente governado pela esquerda. Keiko Fujimori, filha do ex-presidente Alberto Fujimori, e Pedro Pablo Kuczynski, conhecido como PPK, serão os candidatos na disputa, segundo dados oficiais divulgados ontem. A eleição no Peru contou com 84,84% de participação. A nova votação está marcada para ocorrer no dia 5 de junho.
Com 64,43% das urnas apuradas, Keiko, do partido Força Popular, obteve 39,43% dos votos, seguida de PPK, do Peruanos pela Mudança, com 24,02%. A candidata esquerdista Verónika Mendonza, ficou em terceiro lugar, com 16,71% dos votos. Os dados são da Onpe (Oficina Nacional de Processos Eleitorais), órgão que contabiliza o resultado das eleições.
"Agradeço a todos que votaram em mim pedindo mudança. Nosso país precisa pisar de novo no acelerador do crescimento. Também precisamos de mais segurança, para que o que ocorreu ontem não se repita", disse Keiko, referindo-se a um ataque do Sendero Luminoso a oficiais do Exército que causou 10 mortes. A herdeira do clã Fujimori é a favor de mais acordos de livre comércio, redução de impostos, investimentos em infraestrutura, além de proteções ao trabalhador e aumento de políticas assistencialistas.
Seu rival, o candidato liberal e economista PPK, também defende mais acordos de livre comércio, flexibilização trabalhista e manutenção dos planos de assistência sem aumento de gastos. Após a divulgação dos resultados, ele também agradeceu seu eleitorado e disse que governará um país de "jovens cronológicos e jovens de espírito", uma resposta aos críticos devido a sua idade, 77 anos.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Eleição no Peru terá segundo turno Apesar da rejeição, filha de Fujimori deve vencer primeiro turno no Peru Keiko Fujimori segue à frente em pesquisa; esquerdista avança
Tribunal do Peru barra dois candidatos um mês antes das eleições presidenciais
Um dos candidatos impedidos é Julio Guzmán, que aparecia em segundo nas pesquisas, mas teve negado o pedido de inscrição porque seu partido não teria realizado os trâmites corretos para a formação da chapa

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo