Porto Alegre, quinta-feira, 07 de abril de 2016. Atualizado às 11h48.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
28°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6970 3,6990 1,42%
Turismo/SP 3,6200 3,8400 0,78%
Paralelo/SP 3,6200 3,8400 0,78%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Agronegócios 07/04/2016 - 11h48min.

Safra 2016 soma 210,0 milhões de toneladas, revela IBGE

MARCO MEDRONHA/DIVULGAÇÃO/JC
A estimativa para o feijão na 2ª safra em relação à de fevereiro melhorou 4,6%

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de março estima uma safra de 210,0 milhões de toneladas em 2016, um aumento de 0,2% em relação à produção de 2015, quando totalizou 209,5 milhões de toneladas, informou nesta quinta-feira (7), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, o montante foi 0,6% menor que o previsto em fevereiro, com 1,3 milhão de toneladas a menos.
Problemas climáticos em diferentes pontos do País provocaram a revisão para baixo na estimativa para a safra nacional de grãos em 2016, informou o IBGE.
"Problemas climáticos que ocorreram em janeiro e fevereiro estão afetando a informação de março, afetando a safra de verão. A estiagem e o excesso de chuvas provocam diferentes efeitos, depende do estágio em que a cultura está. Houve baixa precipitação (escassez de chuvas) na região de cerrado de Maranhão, Bahia, Piauí, onde são plantados soja, algodão e milho, provocando variação negativa para essas regiões. E o contrário também, teve excesso de chuvas no Paraná", explicou Mauro Andreazzi, gerente da Coordenação de Agropecuária do IBGE.
No levantamento de março houve redução nas estimativas para a batata 1ª safra (-1,1%), mandioca (-1,5%), soja (-1,6%), milho 1ª safra (-2,2%), arroz (-2,4%), feijão 1ª safra (-2,5%), feijão 3ª safra (-2,5%), cacau (-2,8%) e sorgo (-10,0%). Na direção oposta, melhorou a previsão em relação à de fevereiro para o feijão 2ª safra (4,6%), batata 2ª safra (4,5%), algodão herbáceo (3,7%), milho 2ª safra (3,2%), café canephora ou robusta (1,8%) e café arábica (0,7%).
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Milho brasileiro começa a perder competitividade
Após forte aceleração nos preços internos nos últimos meses o cereal brasileiro perde espaço no mercado internacional
Área de trigo deve cair no Brasil na safra 2016 Agronegócio responde por um terço da exportação brasileira no 1º trimestre, aponta CNA Fenasoja chega aos 50 anos com safra recorde no Rio Grande do Sul

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo