Porto Alegre, terça-feira, 05 de abril de 2016. Atualizado às 23h45.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
32°C
25°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6780 3,6800 1,76%
Turismo/SP 3,5800 3,7900 1,06%
Paralelo/SP 3,5800 3,7900 1,06%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Indústria Automotiva Notícia da edição impressa de 06/04/2016. Alterada em 05/04 às 21h52min

General Motors quer ampliar as exportações

LUIZ CHAVES/PALÁCIO PIRATINI/JC
Marcos Munhoz (d) foi recebido ontem pelo governador José Ivo Sartori em reunião no Palácio Piratini

Adriana Lampert

O vice-presidente da General Motors (GM) do Brasil, Marcos Munhoz, visitou o governador José Ivo Sartori, no Palácio Piratini, ontem pela manhã, para reforçar o interesse da montadora em manter sua estratégia de desenvolvimento a longo prazo no Estado e informar que a empresa deve apostar no aumento das exportações para melhorar o desempenho das vendas. "Temos uma preocupação no que se refere à estabilidade do dólar, porque estes projetos são longos, mas, no momento, há uma oportunidade de fecharmos alguns negócios a partir da unidade de Gravataí", afirmou.
Em reunião que contou ainda com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Fábio Branco, o empresário solicitou a Sartori o apoio na busca de formas de fomentar o investimento de novos fornecedores no complexo de Gravataí. "Neste sentido, temos três a quatro boas perspectivas em vista, mas nada muito concreto", resumiu Munhoz. Hoje, a unidade gaúcha da GM trabalha com 17 sistemistas. "Ainda precisamos importar muitas peças."
"Buscar atrair empresas sistemistas e que atendam o mercado de autopeças vem ao encontro do esforço que o Estado vem fazendo para promover uma retomada da economia", destacou Branco. Segundo o secretário, a estratégia para que isso ocorra será promover uma "melhoria do ambiente", além de dar visibilidade ao "diferencial que o Rio Grande do Sul oferece", na tentativa de despertar o interesse destas empresas. "Temos mercado, recursos humanos, área e posição geográfica para ser uma plataforma de exportação bem-localizada." Branco admite que, no cardápio de atrativos, podem ser utilizados o Fundopem e outros incentivos fiscais.
Munhoz lembrou ainda das "várias dificuldades" que o setor vem enfrentando nos dois últimos anos, ao destacar a necessidade de reforçar também o segmento de autopeças. "A própria situação cambial do momento cria um nicho de oportunidade a ser aproveitado por fornecedores destes equipamentos que, se importados, ficam mais caros para as montadoras", concorda Branco. "Desde 2014, o mercado caiu 50% em vendas, o que requer restruturações profundas", destaca o vice-presidente da GM Brasil. Por enquanto, não há previsão de novos investimentos da fabricante, que recentemente ampliou a capacidade instalada da unidade de Gravataí para 350 mil veículos/ano. "Atualmente, estamos produzindo pouco mais da metade de nossa capacidade", frisou o empresário.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Venda de veículos novos recua 23,59% em março ante março de 2015
Foram 179.294 unidades comercializadas no terceiro mês de 2016, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus
Montadoras atingem em março maior ociosidade na produção desde 2001
Em março, a utilização da capacidade da montadoras ficou em 62,4%, o que significa que a ociosidade foi de 37,6%
Trabalhadores da Arteb protestam contra indefinição do pagamento da rescisão Montadoras de caminhões e ônibus reafirmam investimentos de R$ 2,78 bilhões
Somados, os valores de MAN, Iveco, Scania e Mercedes-Benz alcançam R$ 2,78 bilhões

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo