Porto Alegre, quinta-feira, 31 de março de 2016. Atualizado às 13h09.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
31°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5540 3,5560 1,82%
Turismo/SP 3,6200 3,8000 0,52%
Paralelo/SP 3,6200 3,8000 0,52%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Indústria Notícia da edição impressa de 31/03/2016. Alterada em 30/03 às 21h30min

Desempenho industrial gaúcho volta a crescer

FREDY VIEIRA/JC
Maior impacto negativo no acumulado do primeiro bimestre veio do segmento de veículos automotores

O Índice de Desempenho Industrial (IDI-RS), divulgado ontem pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), aumentou 1,2% em fevereiro, em relação a janeiro, considerando os ajustes sazonais. Foi o primeiro crescimento desde outubro de 2015, puxado especialmente pelo indicador de compras industriais, que registrou uma elevação de 4,6%, e pela Utilização da Capacidade Instalada (UCI), que subiu 2,4%, o maior nível desde março do ano passado, e atingiu 79,8%.
"O desempenho positivo ocorre por conta da baixa base de comparação, depreciada pela crise prolongada, pelo efeito do calendário, que aumentou o número de dias úteis, e pelo ajuste nos estoques", alerta o presidente da Fiergs, Heitor José Müller. Seguindo a mesma tendência das compras e da UCI em fevereiro, o faturamento real das empresas se expandiu 1,5%.
Por sua vez, os indicadores de mercado de trabalho continuaram negativos. A diminuição de 0,3% no emprego foi a 13ª seguida, e a massa salarial registrou recuo de 0,7%. "A melhora, sem recuperar perdas acumuladas, deve ser entendida como pontual, um ajuste após meses de contração, e não como retomada. A demanda doméstica fraca em consumo e investimentos e sem perspectiva de reversão mantém os prognósticos negativos para o setor em 2016", prevê Müller.
Se o resultado for comparado ao mesmo mês do ano passado, e apesar de 2016 ter um dia útil a mais em fevereiro, o IDI-RS apresenta um forte recuo, de 4,6%, fechando 24 meses consecutivos de queda.
O IDI-RS caiu 7% no acumulado dos dois primeiros meses de 2016, sobre o mesmo período de 2015. Dos 17 setores pesquisados, 15 registraram perdas. Os impactos negativos mais importantes para a indústria gaúcha vieram de veículos automotores (-17,5%), máquinas e equipamentos (-15,7%) e produtos de metal (-12,1%). Nessa mesma base de comparação, com exceção da UCI, que permaneceu estável, os demais indicadores desabaram: faturamento real (-8,1%), horas trabalhadas na produção (-9%) e compras industriais (-8,5%). O emprego encolheu 9,4%, e a massa salarial real, 10,1%.
{'nm_midia_inter_thumb1':'http://jcrs.uol.com.br/_midias/jpg/2016/03/30/206x137/1_pageitem_30_03_16_21_30_18_pg_9-466462.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'56fc6f9d0dd00', 'cd_midia':466462, 'ds_midia_link': 'http://jcrs.uol.com.br/_midias/jpg/2016/03/30/pageitem_30_03_16_21_30_18_pg_9-466462.jpg', 'ds_midia': 'pageitem_30_03_16_21_30_18_pg_9.jpg', 'ds_midia_credi': '', 'ds_midia_titlo': 'pageitem_30_03_16_21_30_18_pg_9.jpg', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '406', 'cd_midia_h': '602', 'align': 'Left'}


COMENTÁRIOS
Narciso Machado - 31/03/2016 06h33min
O editor esta tonto. O que cresceu foram os dias de análise e não o desempenho industrial.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Hyundai inaugura fábrica de trens no interior de São Paulo
A fábrica tem 21 mil metros quadrados de área construída, recebeu investimento de R$ 100 milhões e inicialmente deve gerar 300 empregos
Prefeitura de Caxias do Sul receberá prédio da Eberle Faturamento da indústria de máquinas sobe 34,2% em fevereiro ante janeiro
Em relação a fevereiro de 2015, a receita total do setor diminuiu 24,1%
Após quatro meses seguidos de queda, indústria gaúcha volta a registrar crescimento
Ainda assim, conforme boletim da Fiergs, a melhora é pontual e não recupera perdas acumuladas pelo setor no Rio Grande do Sul

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo