Porto Alegre, segunda-feira, 18 de janeiro de 2016. Atualizado às 21h39.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
28°C
32°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0330 4,0350 0,29%
Turismo/SP 3,6500 4,2300 0%
Paralelo/SP 3,6500 4,2300 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Palavra do Leitor Roberto Brenol Andrade


Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 19/01/2016

Folha de pagamento

O senhor Danilo Guedes Romeu escreve sobre a "Folha de Pagamento" (edição de 15/01/2015). Também acho que é um negócio bastante temerário para o Banrisul que, segundo se sabe, não tem dinheiro sobrando. Um negócio, como se diz, tem de ser bom para todas as partes. Não parece ser este exatamente o caso. O simples fato da "compra" da folha não dá qualquer garantia ao banco de que os recursos relativos ao pagamento dos funcionários nele permaneçam. Há um procedimento (vigente) que permite que o pagamento do funcionário seja transferido para o banco que ele desejar. Assim, concomitantemente ao depósito da folha mensal no Banrisul pelo governo do Estado, o pagamento do funcionário será transferido (sem qualquer ônus) para o banco por ele indicado, em uma operação que não pode ser negada. Logicamente que o Banrisul irá se "esforçar" para manter ativas o maior número de contas dos funcionários estaduais. Fica, entretanto, o alerta. (Sérgio Luiz da Silva)
Aumento da Selic
Tem muita gente falando bobagem quando não quer a alta da Selic neste momento de alta da inflação. A Selic precisa subir, não para baixar a inflação para a longínqua taxa de 6,5% como prega o BC, mas porque tem que acompanhar a inflação que está subindo. Caso contrário, teremos aplicações financeiras pagando menos que a inflação e consequente tendência à dolarização da economia, como aconteceu na Argentina, em que o governo remunerava menos que a inflação nas aplicações; sem falar que ninguém mais iria querer títulos do governo. A alternativa seria o governo baixar o imposto, que varia de 22,5% a 15%, no resgate das aplicações financeira. Ai, sim, a Selic poderia ficar onde está e até cair. (Rafael Alberti Cesa, Caxias do Sul/RS)
Paulo Paim
Esse tal de senador Paim sempre votou com o governo petista, contra os interesses dos trabalhadores e dos aposentados, alegando fidelidade nas questões fechadas pela bancada do PT. (Cláudio José Fonseca Ferreira, aposentado)
Dilma e os impostos
Há cinco anos à frente do governo mais impopular e incompetente da nossa história, a presidente Dilma Rousseff ainda tem a cara de pau de pedir mais sacrifícios ao contribuinte defendendo a volta da CPMF e a criação de novos impostos para reequilibrar a economia. Num país sério, a senhora já teria sofrido um impeachment e estaria respondendo na Justiça por vários crimes de responsabilidade, entre eles a nebulosa transação envolvendo a compra superfaturada da Refinaria de Pasadena que a senhora autorizou quando presidia o conselho administrativo da Petrobras. Felizmente ainda tenho esperanças neste caso, em especial no processo que corre na Justiça dos EUA. Com certeza todos nós brasileiros ainda vamos passar muita vergonha perante à comunidade internacional. (Augusto César Martins de Oliveira, Rio Grande/RS)
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Bataclan
Dia 27 de janeiro de 2013, em Santa Maria, a fumaça de sinalizadores da Banda Gurizada Fandangueira causou o incêndio na Boate Kiss

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo