Porto Alegre, domingo, 10 de janeiro de 2016. Atualizado às 21h18.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
31°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0380 4,0400 0,34%
Turismo/SP 3,7000 4,2300 0,47%
Paralelo/SP 3,7000 4,2300 0,47%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

artigo Notícia da edição impressa de 11/01/2016. Alterada em 10/01 às 19h33min

Engenheiros gaúchos e catarinenses

Waldir Alves Ramos

Fundada em 1896, a Escola de Engenharia da Ufrgs foi, por seis décadas, a única nos dois estados mais meridionais, o que nos proporcionava conviver com bons colegas catarinenses. O DNOS foi dirigido no vizinho estado pelo santa-mariense engenheiro Carlos Krebs Filho, depois presidente nacional do órgão. Já o engenheiro Telmo Thompson Flores, chefe do DNOS/RS, e ex-prefeito da Capital, seria presidente da Eletrosul, em Florianópolis, e lá se radicou.
Por convênio das universidades federais, engenheiros gaúchos, quinzenalmente, deslocavam-se para dar aulas na Escola de Engenharia Industrial, que começara a funcionar em Santa Catarina em 1962, dirigida por um gaúcho. Anunciavam-se, em nossas aulas, vagas em saneamento na recém-criada Casan, sendo espontâneo o intercâmbio gaúcho-catarinense em nossa profissão - não poucos colegas nossos passariam a atuar em Santa Catarina.
A UFSC prestou significativa homenagem à memória do engenheiro Caspar Erich Stemmer, nascido em Novo Hamburgo, reitor da UFSC (1976/80) e Cidadão Catarinense. Foi nos 50 anos da posse, na direção da Escola de Engenharia Industrial, atual Centro Tecnológico da UFSC, deste profissional de contribuição à ciência da Engenharia em nosso País - Stemmer, um dos tais que quinzenalmente viajavam para ministrar aulas em Floripa. Entre os oradores no evento, detenho-me em Arno Blass, de minha turma de engenheiros da Ufrgs/1962, e doutor pelo Imperial College da Universidade de Londres, o qual viu lançar-se a segunda edição de seu livro "Caspar Erich Stemmer - Administração, ciência e tecnologia"; o autor já se distinguira com a tradução da importante obra "A Escalada da Ciência" da Universidade de Oxford.
O depoimento de Blass enfocou o intercâmbio, da lavra de Stemmer, de programas de pós-graduação com a Universidade Técnica da Renânia do Norte, em Aachen, cidade alemã, outrora a Aix la Chapelle, capital de Carlos Magno. Sustentou que tal intercâmbio contribuiria decisivamente para o aperfeiçoamento do Departamento de Engenharia Mecânica, suporte do Centro Tecnológico, que, tão bem sentindo a vocação industrial catarinense, a ela tem servido com objetividade.
Engenheiro civil
COMENTÁRIOS


DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Balanço do ano de 2015 no e-commerce em seis transformações Pucrs aponta para 2016 Opinião econômica: Fazer o óbvio Férias, calor, praia e a foto no Instagram: ações devem flertar com o veranista

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo