Porto Alegre, quinta-feira, 14 de janeiro de 2016. Atualizado às 21h32.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
31°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9970 3,9990 0,29%
Turismo/SP 3,6500 4,2200 1,19%
Paralelo/SP 3,6500 4,2200 1,19%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Meio Ambiente Notícia da edição impressa de 15/01/2016. Alterada em 14/01 às 22h25min

Ipanema ficará mais um verão imprópria para banho

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Liberação estava prevista para 2016, mas banho ainda não é recomendado

Jessica Gustafson

Não será neste verão que os porto-alegrenses poderão se refrescar nas águas do lago Guaíba em Ipanema, na zona Sul de Porto Alegre. Alguns destemidos até ignoram, nas altas temperaturas, os avisos de local impróprio para banho, mas, de acordo com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), a praia ainda não é balneável. Desde 1970, o banho não é recomendado na localidade.
A promessa era de que neste ano Ipanema pudesse ser liberada a partir da melhora na qualidade da água com a implantação do Programa Integrado Socioambiental (Pisa). De acordo com Déri Calvete, engenheira química da Smam, a prefeitura tem investido em obras de saneamento para a retirada da carga orgânica da água, mas o trabalho que envolve tratamento de esgoto é caro e outras ações ainda serão necessárias.
"O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) vem buscando melhorias, através do Pisa, com a ideia de enviar o esgoto para a Estação de Tratamento da Serraria. Entretanto, levar o esgoto de um lado para o outro da cidade é complicado e demanda muitos recursos", explica Déri. A foz dos principais arroios que contribuem para a contaminação da água do lago Guaíba, como Capivari e Espírito Santo, vem sendo monitorada, mas obras ainda são necessárias para evitar que os córregos se contaminem.
Enquanto a praia de Ipanema não for liberada, os banhistas podem procurar as águas do Lami e de Belém Novo. Segundo Déri, todos os seis pontos estão próprios para banho e seguirão assim no fim de semana, que será ensolarado e com intenso calor, com máxima prevista de 37 graus no domingo. "Todas as semanas realizamos o monitoramento e observamos a condição das águas, divulgando na imprensa e alterando as placas nas praias. A variação da situação ocorre principalmente pelas chuvas e por características próprias do manancial", destaca.
A avaliação da balneabilidade segue as normas do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), estabelecendo que 80% das análises, de um conjunto das cinco últimas amostras, devem apresentar uma quantidade de bactérias Escherichia coli não superior a 800 NMP/100ml. Na última amostragem, esse valor não pode ultrapassar 2000 NMP/100ml. Além disso, o valor do PH deve manter-se na faixa de 6 a 9. Por questões de saúde, a Smam desaconselha o banho em outros locais da orla de Porto Alegre.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Justiça determina bloqueio de bens da Vale e BHP por rompimento de barragem Samarco terá de depositar R$ 1 bilhão em juízo para cobrir danos 'Ação irresponsável de empresas' causou tragédia em Mariana, diz Dilma Falta de recursos atrasa políticas públicas de reciclagem

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo