Porto Alegre, terça-feira, 26 de janeiro de 2016. Atualizado às 21h31.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
28°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0670 4,0690 0,67%
Turismo/SP 3,8700 4,2600 1,38%
Paralelo/SP 3,9700 4,2600 1,38%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

balanços Notícia da edição impressa de 27/01/2016. Alterada em 26/01 às 22h14min

Operações do Sicredi crescem 21,59% em 2015

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Seefeld afirma que planejamento projeta uma presença nacional

Adriana Lampert

Somando ativos totais administrados acima de R$ 26,3 bilhões, o Sicredi-RS fechou 2015 com um crescimento de 21,59% frente a 2014 e projeta subir outros 9,57% em 2016, alcançando a meta de R$ 28,8 bilhões em ativos totais. Durante o ano vigente, o sistema de cooperativas de crédito ainda pretende crescer 4,22% em número de associados (chegando a 1.572 milhões na cartela) e inaugurar mais 17 pontos de atendimento, totalizando 591 unidades no Estado. De acordo com o diretor executivo da entidade, Gerson Seefeld, o Sicredi traça seu planejamento financeiro a cada cinco anos. "Apesar de estarmos iniciando um novo ciclo, pretendemos continuar trabalhando forte em estratégias de atuação voltadas para que a poupança do sistema se mantenha alavancando operações de crédito, a exemplo do ano passado. Em 2015, calcula Seefeld, esta alternativa rendeu evolução de 22,06%, apresentando mais de R$ 2,7 bilhões de desempenho e conquistando 5,09% a mais em share.
O diretor destaca a importância dos associados destinarem recursos para a poupança do Sicredi, em vista do retorno que a alternativa gera para atividades de financiamento de crédito rural. "Boa parte do crédito rural é subsidiada. As portarias que existem quanto à equalização dos recursos da poupança são de origem da própria caderneta. Por isso, a atividade produtiva fez com que nossas estratégias se voltassem bastante neste sentido", afirma Seefeld. No decorrer de 2015, o patrimônio líquido do Sicredi ficou acima dos R$ 3,92 bilhões, representando uma alta de 21,38% sobre 2014. Os depósitos totais cresceram 17,78%, somando mais de R$ 12,26 bilhões (com share de 16,8%). Já as operações de crédito totais obtiveram avanço de 6,7%, totalizando mais de R$ 13,3 bilhões e um aumento de 8,01% na participação de mercado.
Seefeld destaca que, entre outras razões, a intensificação do relacionamento e de parcerias estratégicas com as cadeias produtivas de vários segmentos e o investimento direto com foco na capacitação dos associados - em parceria com o Sebrae/RS e o Banco Central - impulsionaram o crescimento da entidade, que trabalha ainda em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). "Considerando o total de resultados diretos e indiretos gerados em 2015, o Sicredi agregou R$ 2,69 bilhões aos associados", aponta o diretor.
Metade dos 3,2 milhões de associados do Sicredi estão no Rio Grande do Sul. Presente em 214 municípios do País, a entidade cresceu 7,9% em nível nacional frente a 2014, tendo finalizado 2015 com 18,8 mil colaboradores distribuídos em 95 cooperativas, sendo 39 no Estado. O Sicredi nacional respondeu por R$ 52,6 milhões em ativos totais e R$ 8,1 bilhões em patrimônio líquido. "Este ano, buscaremos novas ações, e estamos trabalhando a proximidade junto aos associados, prestando consultoria na hora destes aplicarem dinheiro ou buscarem crédito", destaca Seefeld. "Temos uma grande oportunidade de continuar crescendo mesmo em ambiente adverso no cenário econômico de 2016." Segundo o diretor, tanto o volume de recursos quanto em forma de atuação e participação de 2015 devem se repetir em feiras agropecuárias e de máquinas e agricultura familiar que ocorrem nos próximos meses. A entidade prevê ampliar a atuação nas regiões Norte e Nordeste, e deve analisar a possibilidade de expandir para os mercados de Minas Gerais e Espírito Santo. Com isso, o Sicredi passa a estar presente em 24 estados brasileiros. "Um dos objetivos do planejamento 2016-2020 é termos presença nacional", resume Seefeld.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Gerdau tem prejuízo de R$ 1,9 bi no 3º trimestre Receita líquida da Randon cai 20,3% no acumulado de janeiro a setembro
Lucro de grandes bancos está desacelerando Prejuízo da Petrobras recua 29,6%

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo