Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Economia

- Publicada em 08 de Janeiro de 2016 às 17:56

App Qipu dá apoio aos microempreendedores

Sistema envia alertas sobre pagamento de impostos

Sistema envia alertas sobre pagamento de impostos


QIPU/DIVULGAÇÃO/JC
Patricia Knebel
Primeiro aplicativo desenvolvido especificamente para atender o Micro Empreendedor Individual (MEI), o Qipu já atingiu a marca de 150 mil usuários cadastrados. Uma prova e tanto de que os profissionais que trabalham por conta própria e que se legalizam como pequenos empresários precisam de um apoio para fazer a contabilidade.
Primeiro aplicativo desenvolvido especificamente para atender o Micro Empreendedor Individual (MEI), o Qipu já atingiu a marca de 150 mil usuários cadastrados. Uma prova e tanto de que os profissionais que trabalham por conta própria e que se legalizam como pequenos empresários precisam de um apoio para fazer a contabilidade.
E a ideia é justamente esta, que eles possam ter uma ferramenta que ajude na organização das finanças e que, por meio de alertas, lembre sobre a necessidade de pagamentos do DAS e da declaração anual, entre outras obrigações. "A contabilidade do MEI é muito simples e, até por estar enquadrado nesse perfil de empresas com faturamento menor (no máximo até R$ 60 mil), a maioria dos profissionais nem possui um contador. Mas, ele precisam de um apoio", comenta o cofundador e CTO da Qipu, Miguel Galves, lembrando o que motivou a criação do aplicativo.
O app é gratuito e está disponível para iOS, Android e Windows Phone - o serviço funciona tanto pelo celular como no computador. O seu desenvolvimento foi feito com base em três pilares. O primeiro é o da comunicação, em que o foco é oferecer uma ferramenta que, de forma inteligente, informe para os microempreendedores as obrigações e os prazos.
O segundo é a organização, na medida em que possibilita que eles passem a ter um controle das suas despesas e do quanto estão faturando. E, por fim, está a premissa da simplificação da burocracia. Um exemplo é que, em apenas um clique, o usuário consegue acessar os boletos bancários e, caso não tenha pago, consegue fazer diretamente, sem entrar em sites específicos.
Um dos reflexos disso, comenta Galves, é a diminuição da inadimplência. A DAS, por exemplo, é a principal obrigação do MEI e deve ser quitada todo dia 20. A falta de pagamento, porém, costuma ser o principal motivo de desenquadramento do MEI.
Com a nova funcionalidade, o Qipu passa a controlar todas as DAS já pagas pelo MEI e também envia o boleto por e-mail e por notificação no celular. "Temos dados que mostram que, quando os usuários começam a usar o app, conseguem se organizar melhor, e isso traz benefícios para eles e para o governo, que não deixa de arrecadar", observa.
O Qipu já registrou pelo menos 530 mil sessões e 350 mil lançamentos efetuados (entre vendas e despesas). O app foi lançado em abril de 2015, e os gestores já estão programando uma série de novas funcionalidades para incrementar a ferramenta. Outro foco é expandir a base de usuários, integrando novas cidades. Hoje em dia, qualquer microempreendedor enquadrado no MEI pode usar a solução. Mas a integração com o sistema de Nota Fiscal Eletrônica ainda está restrita a São Paulo.
Galves destaca ainda que os gestores vão começar a trabalhar com algumas ideias para que o aplicativo de torne rentável. "Existe um público importante com carência desses serviços, e vamos buscar parceiros que queiram estar mais próximo dele através da nossa ferramenta", comenta.

Novo soundbar traz som 3D imersivo

A próxima geração de áudio da Samsung, apresentada na semana passada na CES, em Las Vegas, nos Estados Unidos, trará produtos com a tecnologia de 3D imersivo.
O portfólio inclui um Soundbar inovador com tecnologia Dolby Atmos, três alto-falantes voltados para a frente e dois para cima, que produzem um som detalhado a ponto de proporcionar sons cinematográficos realistas, como o de uma flecha sendo atirada ou de um beija-flor voando. O Soundbar também se conecta sem fio com as unidades separadas de subwoofer e alto-falantes traseiros (para som surround). Isto também significa que não são necessários alto-falantes montados no teto para ter um áudio 3D instigante.
O Dolby Atmos recebeu apoio de grandes estúdios no seu desenvolvimento. "Os consumidores poderão experimentar um som que ganha vida vindo de todas as direções, incluindo suspenso, para encher seus home theaters com clareza surpreendente, poder, detalhe e profundidade", destaca Doug Darrow, vice-presidente sênior do Dolby Laboratories.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO