Porto Alegre, quinta-feira, 17 de dezembro de 2015. Atualizado às 08h55.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
34°C
24°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,8960 3,8980 0,58%
Turismo/SP 3,7200 4,1300 1,47%
Paralelo/SP 3,7200 4,1300 1,47%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

música 17/12/2015 - 02h13min. Alterada em 17/12 às 09h55min

David Gilmour emociona fãs em show com clássicos do Pink Floyd em Porto Alegre

João Mattos/JC
Ex-integrante do Pink Floyd foi ovacionado ao cantar clássicos da banda

Bruna Oliveira

Pontualmente às 21h da noite de quarta-feira (16), subia ao palco da Arena do Grêmio, em Porto Alegre, um dos maiores nomes da história do rock. David Gilmour, guitarrista e ex-integrante do Pink Floyd, emocionou uma legião de fãs saudosos com clássicos da banda britânica e hits do seu mais recente álbum, Rattle That Rock.
As músicas do disco lançado este ano, bastante elogiado pela crítica, mostraram a precisão de Gilmour em seus solos arrastados na guitarra, mas foram os clássicos do Pink Floyd, por razões já esperadas, que mais arrancaram gritos e aplausos da plateia. Ainda nos primeiros acordes de Wish you were here, a primeira das antigas a ser tocada, o público ovacionou o britânico no palco. Empolgação semelhante aconteceu quando a banda tocou Money, e logo adiante, High Hopes. Em Shine on you crazy Diamond, das mais entoadas pelo público, o ápice foi o solo arrebatador do brasileiro João de Macedo Mello no saxofone. A Arena parecia vir abaixo, marcando um dos grandes momentos da noite.
Do álbum da turnê, Gilmour tocou poucas músicas. 5 A.M abriu o show, seguida da faixa que dá nome ao disco, Rattle That Rock. Permeadas entre as antigas, teve ainda espaço para as novas The Girl in the Yellow Dress, In Any Tongue, A Boat Lies Waiting, Today e Faces of Stone.
Pela primeira vez em turnê no Brasil e na América Latina, Porto Alegre foi a última da sequência de shows no País, que teve apresentações em São Paulo e Curitiba. Dividido em dois atos, com um intervalo de 15 minutos entre eles, o show durou cerca de duas horas e meia.
A Arena, apesar de agitada por fãs que vieram de várias regiões do Estado, não lotou. Muito provavelmente pelo preço salgado dos ingressos, que iam de R$ 230 a R$ 610.
No bis, Gilmour fechou com as lendárias Time e Comfortably Numb, ambas do Pink Floyd, levando novamente os fãs ao delírio e consagrando a apresentação dentre as mais históricas que Porto Alegre já teve.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Fãs fazem fila para comprar ingressos dos Rolling Stones em Porto Alegre Gilberto Gil faz show gratuito neste sábado em Porto Alegre Ingresso para Rolling Stones em Porto Alegre custará entre R$ 175 e 900 Prêmio Açorianos de Música revela vencedores

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo