Porto Alegre, segunda-feira, 03 de maio de 2021.
Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.
Porto Alegre,
segunda-feira, 03 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mundial de Clubes

- Publicada em 17h27min, 20/12/2015. Atualizada em 22h58min, 20/12/2015.

Barcelona vence o River por 3 a 0 e conquista o tri

Equipe se tornou a maior vencedora desde que a Fifa adotou o formato

Equipe se tornou a maior vencedora desde que a Fifa adotou o formato


KAZUHIRO NOGI/AFP/JC
Com dois gols de Luis Suárez e outro de Lionel Messi, o Barcelona derrotou o River Plate por 3 a 0 e conquistou o título do Mundial de Clubes de 2015 na manhã de ontem, em Yokohama, no Japão. Além da volta do camisa 10, que não jogou a semifinal por causa de cólicas renais, o time catalão também contou com o retorno de Neymar, recuperado de uma lesão muscular. O brasileiro, apesar de ter passado em branco, jogou bem e deu assistências para dois dos três gols da equipe.
Com dois gols de Luis Suárez e outro de Lionel Messi, o Barcelona derrotou o River Plate por 3 a 0 e conquistou o título do Mundial de Clubes de 2015 na manhã de ontem, em Yokohama, no Japão. Além da volta do camisa 10, que não jogou a semifinal por causa de cólicas renais, o time catalão também contou com o retorno de Neymar, recuperado de uma lesão muscular. O brasileiro, apesar de ter passado em branco, jogou bem e deu assistências para dois dos três gols da equipe.
Com a vitória, os espanhóis se isolaram como os maiores vencedores da competição no formato atual, quando a organização passou a ser da Fifa. Agora, tem três títulos (já havia vencido em 2009 e 2011). Porém, contabilizando as conquistas do torneio quando era disputado no modelo anterior, com somente um confronto, Real Madrid e Milan ainda são os maiores vencedores, com quatro taças cada um. Agora, são 29 conquistas dos europeus contra 26 das equipes da América do Sul.
Com uma forte marcação na saída de bola do Barcelona e velocidade nos contra-ataques, o River conseguiu fazer um primeiro tempo equilibrado, apesar das suas limitações técnicas e do excesso de faltas cometidas. Mesmo assim, a equipe espanhola controlou a partida, com mais posse de bola e presença ofensiva. Do trio conhecido como "MSN", o brasileiro Neymar foi o que mais apareceu no duelo, mas foi Lionel Messi quem abriu o placar na final. Aos 35 minutos, após cruzamento de Daniel Alves, Neymar ajeitou para o argentino, que se livrou da marcação de Maidana e chutou no canto, sem chances para o goleiro Barovero. A bola ainda bateu no braço do argentino antes da sua finalização, mas o árbitro validou o lance.
O técnico Gallardo voltou do vestiário com as entradas de Lucho González e Pity Martínez. No entanto, no primeiro ataque do segundo tempo, o Barça ampliou o placar e freou a reação argentina. Aos quatro minutos, Busquets lançou Suárez nas costas da defesa e o atacante uruguaio fez 2 a 0. Superior e pressionando o tempo todo, o conjunto europeu chegou ao terceiro gol. Aos 23, Neymar cruzou para Suárez que, de cabeça, anotou o seu quinto gol na competição e selou os 3 a 0.
Na disputa do terceiro lugar, um pouco antes da grande final, os japoneses do Sanfrecce Hiroshima venceram os chineses do Guangzhou Evergrande, treinados por Luiz Felipe Scolari, por 2 a 1.

Suárez é eleito o melhor jogador; Neymar diz que realizou um sonho

Trio 'MSN' só conseguiu ficar completo no último jogo da competição
Trio 'MSN' só conseguiu ficar completo no último jogo da competição
KAZUHIRO NOGI/AFP/JC
Após marcar cinco vezes no Mundial de Clubes e se tornar o jogador com mais gols em uma única edição da competição intercontinental, Luis Suárez também ganhou o prêmio de melhor jogador do torneio. Além do troféu Bola de Ouro, o uruguaio foi considerado o melhor jogador da final.
Lionel Messi, que ficou de fora da semifinal por conta de cólicas renais e só disputou a decisão, foi eleito o segundo melhor jogador. O argentino fez um dos três gols na vitória catalã. O terceiro lugar ficou com Iniesta. Coletivamente, o Barcelona ficou com a taça Fair Play, prêmio dado ao time que teve mais esportividade durante o torneio.
Neymar postou em sua conta no Instagram uma foto beijando a taça e escreveu que ganhar esse título sempre foi um sonho. Estou muito contente e muito feliz por ganhar o Mundial. É um dos melhores momentos da minha vida. Conseguir este título significa muito. Só faltou o gol. Para os brasileiros, é muito importante e sinto muito essa emoção. Estou muito feliz por fazer história", disse o atacante.
Em 2011, o jogador teve a chance de vencer quando ainda jogava pelo Santos. Porém, a equipe brasileira foi derrotada pelo Barcelona e o sonho de Neymar foi adiado.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário