adrielly araújo

Novo ambiente acomoda em torno de 60 pessoas e será inaugurado até final de agosto

Cervejaria Macuco abre segunda unidade em Porto Alegre

adrielly araújo

Novo ambiente acomoda em torno de 60 pessoas e será inaugurado até final de agosto

Operando há quatro anos no Centro Histórico e contando com 32 rótulos de cervejas artesanais, a cervejaria Macuco, comandada por Fernanda Nascimento e Michelle Ferraz, terá um novo espaço no bairro Rio Branco. A previsão é que abra as portas até o fim de agosto. "A nossa ideia é ser a cerveja do bairro. Sempre lidamos muito com essa coisa das pessoas virem do entorno para o Macuco e é isso que a gente pretende continuar", explica Fernanda.

Operando há quatro anos no Centro Histórico e contando com 32 rótulos de cervejas artesanais, a cervejaria Macuco, comandada por Fernanda Nascimento e Michelle Ferraz, terá um novo espaço no bairro Rio Branco. A previsão é que abra as portas até o fim de agosto. "A nossa ideia é ser a cerveja do bairro. Sempre lidamos muito com essa coisa das pessoas virem do entorno para o Macuco e é isso que a gente pretende continuar", explica Fernanda.

O novo espaço vai ter uma pegada diferente do primeiro, mas mantendo as características principais do negócio. Contando com uma área interna e externa maior, cozinha integrada e cartela de vinhos, as empresárias garantem uma experiência completa, sem perder as particularidades da marca.

"A nossa proposta de empreendedorismo feminino também acabou inspirando várias outras cervejarias que vieram depois. Nós fomos pioneiras não só em negócios femininos, mas também LGBT e isso é muito gratificante", afirma Michelle.

 

LUIZA PRADO/JC

Com planos de abrir para o almoço, de terça a domingo, elas apostam em uma cozinha contemporânea e multicultural. "A comida será diversificada, pratos de várias regiões do Brasil", conta Fernanda.

LEIA TAMBÉM > Operando há 13 anos, Tele Trago registra cerca de 170 mil vendas mensais

"Em 2019, já era um objetivo abrir uma nova loja, escolhemos o Rio Branco porque já temos um público que é daqui. Demoramos oito meses para escolher o lugar e, desde que começamos a obra, as pessoas já começaram a perguntar, a dizer que virão quando abrir. Aqui ainda tem espaço para bastante coisa", relata Michelle.

 

adrielly araújo

adrielly araújo - estagiária do GeraçãoE

adrielly araújo

adrielly araújo - estagiária do GeraçãoE

Leia também

Deixe um comentário