Super-heróis, séries, livros e até profissões. Escolher um tema é uma estratégia usada por quem empreende para destacar o negócio em seu segmento

Empreendedores apostam em negócios temáticos como estratégia


Super-heróis, séries, livros e até profissões. Escolher um tema é uma estratégia usada por quem empreende para destacar o negócio em seu segmento

Na hora de empreender, escolher um tema como norte é uma estratégia usada por muitas pessoas que iniciam um novo negócio. Séries, livros, personagens e até profissões dão vida a estabelecimentos criados no Estado. Daniel Raupp, 38 anos, conta que na hora de abrir um negócio ao lado do irmão, Rafael Raupp, 41 anos, escolher um tema foi uma etapa fundamental. Os dois estão à frente da Guardiões da Pizza em Alvorada. O espaço, que opera como rodízio de pizzas, é temático de super-heróis. São eles, inclusive, que fazem todo o atendimento do local, que conta com shows e performances dos personagens. 
Na hora de empreender, escolher um tema como norte é uma estratégia usada por muitas pessoas que iniciam um novo negócio. Séries, livros, personagens e até profissões dão vida a estabelecimentos criados no Estado. Daniel Raupp, 38 anos, conta que na hora de abrir um negócio ao lado do irmão, Rafael Raupp, 41 anos, escolher um tema foi uma etapa fundamental. Os dois estão à frente da Guardiões da Pizza em Alvorada. O espaço, que opera como rodízio de pizzas, é temático de super-heróis. São eles, inclusive, que fazem todo o atendimento do local, que conta com shows e performances dos personagens. 
O espaço, inaugurado no segundo semestre de 2021 na avenida Maringá, n° 272, surgiu por um gosto comum dos irmãos pelo universo dos super-heróis. Rafael já comandava um outro espaço temático na cidade, a hamburgueria Rock Garage, inspirada no estilo musical. A experiência foi fundamental para que a dupla iniciasse a nova empreitada. "Deu muito certo a hamburgueria. Eu já estava com a ideia de montar uma pizzaria, então conversamos para colocarmos o negócio juntos. Começamos o projeto e queríamos fazer temático. Como sempre gostamos desse universo de heróis, DC, Marvel, escolhemos montar um negócio com super-heróis porque tanto adultos, quanto crianças são fascinadas por esse mundo", acredita Daniel. 
O rodízio, que conta com pizzas, lasanhas, batata frita, polenta e refrigerante liberado, é servido por super-heróis. "O pessoal fica louco. As crianças abraçam, falam que amam os heróis. Esses dias uma menininha falou 'ah, então é aqui que vocês moram'. Tem todos os heróis: Homem Aranha, Mulher Maravilha, Capitão América, Thor, Chapolim Colorado, que os adultos adoram e não deixa de ser um herói. É bem divertida essa parte e nossos heróis interagem nas mesas com os clientes, brincam com as pizzas, é um atendimento animado", explica Daniel, que acredita que o tema é responsável pelo sucesso do espaço, que soma mais de 19 mil seguidores no Instagram (@guardioesdapizzaalvorada). "Em alguns momentos da noite, tem jogo luzes, os heróis dançam, tem um teatro, e o pessoal adora. Acredito que por causa da balada e dos teatros que deu essa proporção de divulgação, porque todo mundo tira foto, filma, posta das redes sociais, e aí o negócio vai indo longe", pontua. 
De segunda à quinta-feira, o rodízio custa R$ 29,90 para crianças de 6 anos a 10 anos e R$ 59,90 para adultos. Nos outros dias, R$ 32,90 para os pequenos e R$ 64,90 para adultos. Crianças até 5 anos não pagam. O espaço comporta 200 pessoas e, segundo o empreendedor, já está pequeno para a demanda. "Tem noites que  chega a ter uma fila de espera de 130 pessoas. O pessoal chega a ficar em torno de 2 horas para entrar", conta Daniel, revelando que o movimento intenso fez com que os sócios começassem a planejar a expansão do negócio para Porto Alegre, que deve acontecer em 2022. Apesar do desejo de abrir uma unidade na Capital, ele afirma que o negócio foi pensado para o público de Alvorada. "O objetivo era pegar o público de Alvorada que saía para comer pizza em outras cidades. Alvorada tem 211 mil habitantes e não tinha um rodízio de pizza. Resolvemos montar uma pizzaria para os moradores não precisarem sair, mas o negócio deu tão certo que estão vindo pessoas de fora de Alvorada. Hoje, 50% do nosso público é de fora daqui", conta.

Antigo tribunal de Viamão vira restaurante

Reformado há cerca de cinco anos, o prédio que antigamente sediava o tribunal da cidade de Viamão, hoje é um restaurante consolidado na comunidade. Presente na rua Julieta Pinto Cesar, nº 102, o Restaurante Tribunal (@restaurante_tribunal) mantém preservada a história local, e ainda dispõe de decoração temática e hambúrgueres que homenageiam a trajetória do espaço.
Desde a sua inauguração, o ambiente já passou por três proprietários. Atualmente, a ex-corretora de imóveis Luciana Ferreira, 45 anos, está à frente da operação. "Éramos clientes e sempre tivemos uma admiração pelo prédio e estilo do espaço. Acabei fazendo amizade com a antiga proprietária, pois estava sempre indo lá, quando me contou que queria vender, decidi que era a minha hora", afirma. Quando tomou posse do local, em outubro do ano passado, Luciana optou por fazer algumas mudanças, dando maior ênfase no almoço oferecido pela casa. "Por causa da localização no centro da cidade, que tem muito ponto comercial ao redor, a procura no horário do almoço é muito grande", explica. À noite, o espaço ainda oferece os clássicos hambúrgueres temáticos, cervejas e drinks, mas apenas com reserva. "Nossa proposta é transformar a noite em um local para eventos e confraternizações de empresas, por exemplo. Em dezembro, realizamos dois encontros, incluindo uma recepção de casamento. Está sendo muito bem recebido", garante.
Após largar a sua profissão como corretora para empreender na gastronomia, ela conta que, todos os dias em que entra no restaurante, sente-se renovada e feliz. "Não é um ramo fácil, precisamos de muita mão de obra e dedicação, mas eu vejo a culinária como algo muito prazeroso. A alimentação é um agrado e dedicação à outra pessoa. Mesmo que eu saia esgotada, é muito gratificante poder ver todo esse trabalho e receber um bom retorno do público. Sem falar que aqui é um lugar muito especial, tanto pra mim quanto para outros moradores da cidade", expõe. O Tribunal opera de segunda à sexta-feira, das 11h30min até 14h30min, e com reserva à noite aos finais de semana.
 

Bar inspirado em Harry Potter reabre na Cidade Baixa

Fechado há cerca de um ano, o espaço no bairro Cidade Baixa inspirado no universo bruxo reabriu as portas em dezembro. Com novos proprietários e novo nome, o Caldeirão Furado foi reformado para receber os fãs da saga no número 197 da rua Joaquim Nabuco em Porto Alegre. A novidade está no segundo andar, que é acessado por meio de uma passagem secreta. Inspirado em uma taverna, o novo ambiente tem uma atmosfera de pub londrino e conta com uma área externa, que cria a sensação de estar em um camarote para assistir o quadribol, esporte fictício popular tanto dentro da história quanto fora.
Leonardo Severo e Thales Lupo, sócios do Caldeirão Furado, eram clientes da cafeteria Sala Precisa, que iniciou sua operação em 2019 e foi colocada à venda no início de 2021. "Como frequentadores, sempre víamos necessidade de ampliar o espaço e atender mais pessoas de uma forma mais diversificada. Aqui tinha a pegada bem do café, e queremos atender mais horários, como um happy hour, e mais dias da semana", explica Leonardo.
Com número de mesas triplicado, o local agora conta com uma área externa, que é inspirada no quadribol, esporte praticado na série de Harry Potter. Os frequentadores terão a sensação de estar em um camarote para assistir a uma partida do jogo. Para chegar ao segundo piso, os clientes passam por uma passagem secreta, que fica em meio à estante de itens temáticos no fundo do primeiro andar.
Manter a riqueza de detalhes e criar novas referências ligadas ao tema foi uma das preocupações dos sócios na hora da ampliação. "O mundo do Harry Potter tem uma coisa de uma Londres antiga, mais retrô. Então, resgatei candelabros da casa da minha mãe, lustres da minha madrinha", explica Leonardo sobre a decoração do espaço. No projeto original, o banheiro que abre a Câmara Secreta era um dos lugares preferidos para quem curte a série. O do segundo piso, garantem os sócios, não ficou para trás. O espaço, todo cor de rosa, é inspirado em Dolores Umbridge, com muitos quadros de gatinhos nas paredes. "As horcruxes vão estar por aí, quem conhece vai achar todas, aliás, menos uma. Tem várias referências espalhadas. Vai ser como uma caça ao tesouro", afirma Leonardo sobre os itens do mundo bruxo.
A ideia é continuar proporcionando uma experiência imersiva, diz Thales. Para isso, o atendimento não será feito de forma convencional. "Será personalizado. Vamos conversar com os clientes dentro da magia. Estamos aqui para brincar", afirma. "Queremos que o pessoal venha para brincar, sair da realidade. É que nem o caldeirão furado, que na saga é uma passagem do mundo trouxa para o mundo bruxo, que leva para o Beco Diagonal", complementa Leonardo.
Outra novidade trazida pelos sócios é a ampliação do cardápio. Além da ceva amanteigada, há drinks e quitutes inspirados no mundo bruxo. "Quem conhece bastante a série vai lembrar em todos os pratos. Estudamos bem o universo para criar o cardápio", destaca Thales.
 

Leia também

Deixe um comentário