Victória Paz

O bar tem o objetivo de transmitir ao público uma opção diferente da Capital

Bar a céu aberto na avenida Otto Niemeyer conquista adeptos por vibe descolada

Victória Paz

O bar tem o objetivo de transmitir ao público uma opção diferente da Capital

São inúmeras as vantagens de abrir e frequentar um estabelecimento a céu aberto. Os sócios João Henrique Pimentel, Marcos Barbastefano, Rafael Laitano e Fernando Viali perceberam, em 2020, os benefícios disso e resolveram inaugurar o SoulZ, bar de pizzaria, cervejaria e música ao vivo. 

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

São inúmeras as vantagens de abrir e frequentar um estabelecimento a céu aberto. Os sócios João Henrique Pimentel, Marcos Barbastefano, Rafael Laitano e Fernando Viali perceberam, em 2020, os benefícios disso e resolveram inaugurar o SoulZ, bar de pizzaria, cervejaria e música ao vivo. 
Conhecido como “Alma da Zona Sul”, o local tem o objetivo de transmitir ao público uma "vibe" diferente da Capital. “Vimos a necessidade de lugares bacanas nesta parte da cidade. As pessoas sempre buscam os bairros centrais para curtir e por isso, fomos na contramão da tendência”, conta o hoteleiro João.
SOULZ/REPRODUÇÃO/JC
De acordo com o sócio, a ideia de um espaço a céu aberto não teve relação com a pandemia. “Nem sonhávamos com isso. Tínhamos em mente este modelo, pois é algo que estava nos nossos planos há muito tempo, tanto que eu, o Marcos, o Rafa e o Fernando saímos dos nossos antigos empregos para abrir a SoulZ. Hoje, as pessoas procuram locais assim porque se sentem mais seguras e confortáveis”, expõe.
Localizado na avenida Otto Niemeyer, nº 1.709, o local abre de quarta-feira a domingo, das 18h à meia-noite. Diariamente, o bar oferece ao público diversas atrações divulgadas pelo Instagram (@soulzetantofaz). “Aos domingos, juntamos no palco os nossos músicos fixos e criamos o 'Domingo Maior'. A primeira edição aconteceu em novembro e os clientes curtiram muito, principalmente os músicos, que mesmo sendo de estilos diferentes, aconteceu uma conexão muito forte entre eles e o público”, conta entusiasmado.
Em dias de espetáculo, a entrada é cobrada e revertida integralmente para os artistas. Segundo o sócio, o Domingo Maior gerou tanto sucesso para o empreendimento que a Budweiser, marca de cerveja, decidiu fechar parceria e patrocinar o evento. “A marca viu que a nossa primeira edição foi um hit, e como estávamos nos preparando para a segunda edição, eles resolveram participar, levar DJs, fazer promoções e colocar o palco. Tem tudo para se manter unido”, celebra.
Neste verão, a intenção é continuar com a programação. Atualmente, a capacidade é para 400 pessoas sentadas e com distanciamento de dois metros.
SOULZ/REPRODUÇÃO/JC
Victória Paz

Victória Paz - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Victória Paz

Victória Paz - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário