Mauro Belo Schneider

A ideia é que funcionários usem 80% de seu tempo de trabalho para desenvolverem ações disruptivas

Randon tem programa de inovação para empresas

Mauro Belo Schneider

A ideia é que funcionários usem 80% de seu tempo de trabalho para desenvolverem ações disruptivas

Qualquer empresa, de qualquer ramo, em busca de inovação pode contratar um serviço da Randon que completou um ano recentemente. A Conexo, além de destravar projetos internos da companhia caxiense, tem programas abertos a funcionários de negócios externos.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Qualquer empresa, de qualquer ramo, em busca de inovação pode contratar um serviço da Randon que completou um ano recentemente. A Conexo, além de destravar projetos internos da companhia caxiense, tem programas abertos a funcionários de negócios externos.
A ideia, segundo Veridiana Sonego, diretora de Planejamento Estratégico e Comunicação Corporativa nas Empresas Randon e diretora na Conexo, é criar ações disruptivas. Para isso, há programas que duram três meses e outros que se estendem por um semestre. O movimento começou pequeno, conta Veridiana, mas já está na quinta edição.
É um espaço para valorizar intraempreendedores, para quebrar hierarquias. Participam pessoas que precisam de espaço para empoderamento”, detalha a executiva.
Léo Vitor Redondo, head de Inovação da Conexo, diz que o projeto é o elo entre as empresas Randon e as outras marcas do Rio Grande do Sul. “Temos agroindústria, serviço financeiro, enfim, os mais variados segmentos. Quando falamos de coexistência, estamos falando de que todas têm desafios. Muitas vezes, se faz necessário se conectar com startups, ser humilde e traçar um caminho rumo ao futuro. Não damos os próximos passos sozinhos”, interpreta ele.
Os integrantes do programa, que na pandemia tem atividades híbridas, são dispensados de suas funções nas empresas por 80% da carga horária de trabalho. O espaço onde funciona a Conexo já abrigou o administrativo e a Randon Consórcios. Ele foi totalmente modernizado e, agora, tem conceito futurista.
Entre os resultados já registrados pela iniciativa, estão o desenvolvimento de uma solução de inteligência artificial (IA) para processos seletivos, uma de geolocalização para transporte dentro da fábrica (chamada de Uber das empilhadeiras), uma plataforma de relacionamento com clientes, um app de comunicação das empresas com funcionários e um drone para ser utilizado no estoque para controle de inventário.

Detalhes do projeto

> A Conexo é uma plataforma de inovação aberta, que gera conexões em seu espaço presencial e online, e aproxima empresas, empreendedores, startups, comunidade, universidades, institutos de pesquisa e diversos agentes de inovação. Foi pensada com o propósito de ser um espaço de cocriação, de cooperação e de aprendizagem de novas habilidades técnicas e comportamentais.
> A empresa tem sede física em Caxias do Sul e ambiente digital de interação e compartilhamento de experiências online. Completou um ano no dia 20 de outubro, apresentando movimentos no desenvolvimento de projetos como o Palco Conexo, o Start, programa de intraempreendorismo, e Startup Creator.
> O programa de desenvolvimento ExO capacita colaboradores de diversas áreas e níveis hierárquicos distintos para explorar tecnologias, apropriarem-se de ferramentas de design e, juntos, buscarem soluções inovadoras.
> As empresas associadas à Conexo realizam seu processo seletivo interno e indicam até dois colaboradores que irão participar daquela geração. A imersão no ExO tem duração de seis meses, em que a pessoa divide seu tempo entre 80% à Conexo e 20% à sua função na companhia.
> No site https://conexo.io estão todos os detalhes. 
Mauro Belo Schneider

Mauro Belo Schneider - editor do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Mauro Belo Schneider

Mauro Belo Schneider - editor do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário