O norte-americano Jack, da Visa Franchise, 
ajuda pessoas a abrirem franquias em seu país O norte-americano Jack, da Visa Franchise, ajuda pessoas a abrirem franquias em seu país Foto: /MARCO QUINTANA/JC

Caminho para empreender nos EUA

Jack é um dos fundadores da Visa Franchise, consultoria especializada em abertura de negócios no país norte-americano

Em média, Jack Findaro vem ao Brasil a cada dois meses, por conta de 40% dos clientes da sua empresa serem daqui. Ele é um dos fundadores da Visa Franchise, consultoria norte-americana especializada em abertura de negócios nos Estados Unidos. Com experiência no Burger King, o empreendedor viu que franquias podem ser um bom caminho para quem tem interesse em migrar para a terra do Tio Sam. Para aproximar investidores da possibilidade, a marca realiza eventos em capitais do Brasil com explicações dos trâmites legais de imigração e o serviço oferecido. Em janeiro, esteve em Porto Alegre justamente para isso e, na passagem, deu detalhes sobre empreender em seu país.
GeraçãoE - O que faz a Visa Franchise?
Jack Findaro - Basicamente, ajudamos pessoas a se mudarem para os Estados Unidos através do visto de investidor. São três tipos de visto, trabalhamos principalmente com o E-2, que é para investimentos a partir de US$ 100 mil em um negócio ativo, renovável a cada cinco anos. Analisamos o perfil e a necessidade do cliente e sugerimos cinco opções de franquias que possam se encaixar. Nem toda franquia vai ser um bom negócio para todos, não dá simplesmente para dispor uma lista enorme para o cliente escolher.
GE - Qual o perfil que mais procura por vocês no Brasil?
Jack - É mais comum empresários e empresárias que têm filhos, que querem dar um futuro para eles nos Estados Unidos. Normalmente, é uma decisão de casal - no caso de não tocarem o negócio juntos, o cônjuge de quem investe pode trabalhar no país como se fosse nativo. Há também pessoas que já são investidoras e querem diversificar seus investimentos, o que é diferente, não necessariamente fixam residência lá. Sudeste e Sul do Brasil são as regiões que mais nos procuram.
GE - E quais os principais destinos escolhidos?
Jack - 90% dos brasileiros escolhem a Flórida, pelo clima. No Rio Grande do Sul, equivalente a 5% têm interesse pela Califórnia.
GE - Onde você sugere investir nos Estados Unidos?
Jack - O Texas é um estado promissor, por conta das leis para empresas. Quem foca em crescimento tem interesse no Texas.
GE - O que é preciso ter em mente ao mudar de país para fazer negócios?
Jack - Primeiro de tudo, planejamento. Depois, procurar tanta informação quanto possível antes de fazer um investimento, buscar especialistas no assunto para ter certeza do que se está fazendo. E escolher com calma, devagar.
GE - Quanto tempo mais ou menos leva a transição?
Jack - Tivemos clientes que investiram em 10 dias (risos). Usualmente, são três a quatro meses para avaliar opções e fazer a decisão com calma.
Compartilhe
Comentários ( 2 )
  1. Bruno Bezerra

    Valeria, o visto E-2 no te d direito ao green card, mas ele pode ser uma porta de entrada para obter o green card. Para obter mais informaes, peo que acesse: https://www.visafranchise.com/br/consulta-inicial/ Atenciosamente, Bruno Bezerra

  2. Valeria

    Jack, does this can give you rights for a green card?

Publicidade
Mostre seu Negócio