O CEO Cassio Bobsin não possui mais uma sala só dele O CEO Cassio Bobsin não possui mais uma sala só dele Foto: /MARCELO G. RIBEIRO/JC

Casa ou empresa? Zenvia tem sinuca e tobogã que liga um andar ao outro

Imagina a cena: você está sentado na estação de trabalho, acaba de resolver um problema de um cliente e decide dar uma espairecida. Levanta, caminha até o corredor lateral do andar e encara uma manobra radical. Entra no tobogã que a Zenvia, empresa líder no Brasil em soluções mobile, incorporou no novo layout do escritório e vupt: desce. A experiência dura segundos, mas vale a pena. Entre os 150 funcionários da sede da empresa em Porto Alegre, não são todos que encaram a aventura. A diretora de Desenvolvimento Organizacional, Gabriela Vargas, diz que cada um escolhe as opções que mais se ajustam ao perfil. E o que não faltam são alternativas. Tem sinuca no espaço lounge, pufes, salinhas para reuniões ou conversas que exigem um clima mais reservado, cozinha e até cabideiro que funciona como terapia, admite Gabriela. Explicando: as hastes nas quais são penduradas as mochilas e bolsas são móveis. "Quem passa no corredor onde tem o cabideiro não resiste e passa empurrando cada haste. Adoro isso", rende-se.
Tudo na nova casa da Zenvia, que ocupa dois andares do prédio corporativo em frente ao Shopping Iguatemi, foi cuidadosamente projetado. A sede foi batizada de Nossa Casa e está repleta de mobiliário e ambientes nas cores azul e roxo - identidade da marca. A Nossa Casa segue o conceito do multiverso, detalha Gabriela, inspirado em história em quadrinhos (HQs). Para chegar no modelo que surpreendesse, a empresa fez um concurso com escritórios de arquitetura. Com a proposta, a Zenvia buscou valorizar e provocar talentos. "Para potencializar a transformação", reforçam os gestores.
MARCELO G. RIBEIRO/JC
Na onda de mudanças, até o CEO e um dos fundadores da empresa, Cassio Bobsin, perdeu seu lugar. Não, não foi afastado: Cassio não tem mais uma sala só dele. A mesa do CEO foi instalada junto à área administrativa e de marketing. "Isso trouxe muito mais proximidade com a área operacional, e os reflexos já são sentidos", garante Gabriela. "Pensamos em criar um espaço onde as pessoas pudessem interagir de um jeito mais informal. Há ambientes para treinamento e reuniões, e outros em que as pessoas podem brincar, descontrair. Buscamos colaboração", define o fundador. Os ambientes de trabalho buscam, ainda, atender ao método ágil, seguido pelas equipes para cumprir metas e resultados. As paredes, por isso, estão ocupadas por anotações e números. "Muita coisa se resolve de pé, mesmo", diz a diretora.
Um dos atrativos do novo ambiente é a visão panorâmica de 360 graus, com vidraças em toda a extensão, que permite contemplar a paisagem externa. Dá para escolher: de um lado, o campo de golfe do Country Club; de outro, o Parque Germânia. "Na antiga sede, a gente ficava no 'calabouço', como chamávamos o subsolo. Aqui, até meu jeito de trabalhar mudou. Hoje, venho com mais vontade e bom humor. Atendo o telefone olhando a piscina da vizinhança", conta Luana Coracini, analista do departamento de pessoal.
MARCELO G. RIBEIRO/JC
MARCELO G. RIBEIRO/JC

Quer conhecer o CEO da Zenvia? Ele estará no JC

Inscreva-se para o evento neste link.
Compartilhe
Comentários ( 2 )
  1. Joao Garcia

    muito bom uma idia genial destas cabeas privilegiadas!

  2. Julianan

    Fantástico! Com certeza um ambiente de trabalho mais agradável e flexível estimula o alto astral e isso reflete diretamente na produtividade e satisfação de todos! Parabéns pela coragem em implementar este modelo! Aos poucos vamos quebrando os paradigmas e conseguiremos cada vez mais conciliar qualidade de vida e trabalho/resultado!

Publicidade
Mostre seu Negócio