Renata Pocztaruk criou a ArqExpress, serviço de arquitetura de ambientes baseado em rapidez e reforma sem quebradeira Renata Pocztaruk criou a ArqExpress, serviço de arquitetura de ambientes baseado em rapidez e reforma sem quebradeira Foto: /MARCO QUINTANA/JC

Ambiente bonito e que cabe no bolso

Com a crise, muitas pessoas passaram a procurar soluções de custo mais baixo para reformar seus lares e negócios. Conheça quem inovou nesta onda e movimenta a arquitetura com novas formas de transformar ambientes

A arquiteta e designer Renata Pocztaruk, 33 anos, é fundadora da ArqExpress, empresa que entrega serviços de arquitetura, decoração e consultoria para quem quer mudar a casa (ou o restaurante, a loja etc.) de forma rápida, sem sujeira nem intervenção civil. Como? Usando e abusando de alternativas em tecnologia de materiais, revestimentos, iluminação, design e mobiliário que dão uma nova cara ao ambiente.
"O cliente diz quanto quer pagar, e nós dizemos o que podemos fazer", explica. "Já fizemos cozinha de R$ 2 mil a quarto de R$ 60 mil", ilustra.
A ideia surgiu de uma percepção de mercado latente, enquanto Renata ainda trabalhava no escritório de arquitetura da mãe, Elizabeth Pocztaruk. Ela fazia muitos projetos criativos focados no cliente mais jovem. "Eles me procuravam, adoravam os meus projetos, mas no fim das contas não me contratavam", conta.
O sinal claro da crise fez a empreendedora procurar onde estavam as lacunas do mercado para atender este consumidor - com vontade de reformar, mas sem recursos para os serviços tradicionais. E estas brechas foram a base do modelo de negócios da ArqExpress, aberta em 2015.
"Eu comecei a estudar novas adequações do modelo de fazer arquitetura, porque eu também não queria ser o serviço mais barato", conta.
MARCO QUINTANA/JC
"Eu não sei esperar." Renata Pocztaruk fundou a ArqExpress para atender novas demandas do mercado e suas inquietações | Foto: Marco Quintana/JC
"Lá atrás, vislumbrei que as pessoas iriam deixar de comprar imóveis e ficar no aluguel. Então o tipo de intervenção tinha que ser compatível com isso", esmiúça. A chave para colocar a ideia audaciosa em movimento foi estudar muito sobre o processo. Hoje, a execução é de até 60 dias, conforme a abrangência da contratação. Mas Renata já trabalha para chegar a 45, no máximo. O preço é cobrado por ambiente, com datas fixadas para começar e terminar. No início, Renata achava que iria atender um público que normalmente não contrata os serviços de arquitetura. Ledo engano. A empresa atinge perfis como o da atriz Fernanda Souza e do cantor Thiaguinho, em São Paulo, "ao cliente que economiza cada centavinho para poder pagar".
Além das soluções expressas, uma das ideias empreendedoras foi transformar todo o seu know how em serviço. Ou seja, compartilhar o conhecimento. Quem não pode contratar a obra pode fazê-la na sua casa mesmo assim através da consultoria de arquitetura da empresa, que custa R$ 200,00.
O desafio é seguir criando coisas novas à frente do mercado, a exemplo de um software que possibilitará que os clientes montem o próprio projeto. E as ramificações seguem por aí: a ArqExpress, agora, tem um clube de ensino para estudantes de Design e Arquitetura, e dá treinamentos para escritórios que queiram replicar o modelo de negócio - estes que, no futuro, podem virar parceiros da ArqExpress em suas cidades. "A empresa vai crescendo nas necessidades que o mercado vai pedindo", relata.
"Tento adaptar as coisas que faço ao meu estilo de vida. Criei uma empresa que se chama Express por um simples motivo: eu não sei esperar", alinhava a empreendedora.

Personalizado e barato, por que não?

Cássio Bitencourt e Letícia Reginato são os donos da Bang Impressões Cássio Bitencourt e Letícia Reginato são os donos da Bang Impressões Foto: /FREDY VIEIRA/JC
Depois que se formou, o arquiteto Cássio Bitencourt, 39 anos, queria prestar serviço para seus colegas mais do que exercer a profissão. Por conta disso abriu, há 15 anos, a Bang Impressões, empresa que começou como gráfica que imprimia plotagens de arquitetura para estudantes e profissionais. Com o tempo, a empresa foi crescendo e diversificando seus serviços, e atualmente é especializada em impressão digital.
Nos últimos cinco anos, com a chegada da arquiteta e esposa de Cássio, Letícia Reginato, 34, ao negócio, a marca se reposicionou para atender com mais ênfase o público voltado à criatividade: fazedores, artistas, arquitetos, designers, entre outros. Uma das principais fontes de receita da empresa vem da produção de adesivos para renovação de espaços como uma solução rápida, barata e de fácil colocação. "E sujeira zero", emenda Letícia.
FREDY VIEIRA/JC
A parede atrás dos arquitetos Cássio e Letícia, na foto, é revestida por adesivo | Foto: Fredy Vieira /JC
"Ainda tem um pouco a cultura de que as pessoas acham o adesivo um material inferior, mas elas não sabem o poder que ele tem de mudar totalmente um ambiente", pontua. As opções são muitas, desde estampa na parede a frases de efeito com tipografias estilosas, tudo sob demanda. A dica deles é: gaste tempo buscando referências, que não tem erro. Os olhares de arquiteto dos dois ainda ajudam o cliente na melhor decisão. Com R$ 100,00 a R$ 200,00 já se pode fazer uma bela mudança, afirmam.
"Não se trata de inovação, os adesivos já existem e são usados há muito tempo. Mas agora que a Arquitetura e o Design estão descobrindo isso, por causa da crise", reforça Cássio.
Segundo ele, muita gente está voltando a recorrer à personalização quando se trata de decoração. E a empresa atua em dar o aparato necessário para isso.
Além dos adesivos em diversas apresentações (fosco, brilhoso, jateado), a gráfica imprime em canvas (telas de algodão) e chapas de PVC. É possível encomendar um quadro personalizado, ou artistas podem replicar suas obras em escala. Há, inclusive, uma linha de produtos próprios, como quadros e adesivos de parede, que têm sido os aliados de quem quer uma opção mais barata para revitalizar os recintos.
Um pacote com três cartelas de adesivos em formatos diferentes, por exemplo, sai por R$ 25,00. No e-commerce e no Instagram da Bang (@bangimpressoes) há mais opções.

Faça você mesm@

Canal do Youtube Casa de Verdade Canal do Youtube Casa de Verdade Foto: /Reprodução/ Youtube/jc
Se tem uma coisa que o YouTube está cheio são canais com tutoriais para aprender a fazer coisas com as próprias mãos. Separamos alguns especiais sobre casa e decoração. Confira:
Casa de Verdade - Este canal reúne vídeos de vários profissionais que postam conteúdo semanalmente. bit.ly/2pMiYi9
Tu Organizas - Nina Braz dá dicas de como organizar e decorar a casa, com muito DIY (faça você mesmo). bit.ly/2xhf83R
DIYCore - Karla Amadori, de Florianópolis, ensina a fazer prateleiras, adereços e outros objetos funcionais. bit.ly/1Jsbi2Z
 

Ideias para mudar espaços com o uso de adesivos:

x A lousa de adesivo preto para parede substitui a tinta. Em diferentes tamanhos, pode ser a superfície inteira ou só um pedaço
x Pequenos adesivos em formatos específicos (bolinha, gota, nuvem, triângulo) são ideais para ornar a parede de quartos infantis ou dar um toque moderno a escritórios
x Componha uma parede inteira com quadros compactos e de custo baixo
x Adesive eletrodomésticos com cores e estampas (tem até adesivo que imita aço escovado)
x Revista móveis, como armários, roupeiros, cômodas. Isto renova a mobília sem precisar trocá-la. A impressão digital pode reproduzir as cores de cartelas de tintas nos adesivos, só levar o nome
x Coloque adesivo jateado no box do banheiro, em vez do vidro jateado, que sai mais caro
 
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio