A pergunta da leitora é sobre o mercado de sorvetes A pergunta da leitora é sobre o mercado de sorvetes Foto: MARCOS NAGELSTEIN/JC

"Estou iniciando no ramo de sorvetes e picolés artesanais e, às vezes, me sinto insegura em relação à legalização. Como devo fazer?"

A dúvida é da leitora Roberta Silva. Alana Correa, do Sebrae, responde.

Em primeiro lugar, é muito importante que você tenha feito o seu plano de negócios, pois ele vai te auxiliar a clarear o pensamento, definir seu público-alvo, alinhar os objetivos do negócio, diminuir os riscos, ou seja, planejar. Vai fazer você refletir: É o negócio que sonhei? Vale a pena financeiramente?
Depois do plano realizado, você saberá que estrutura necessitará, quantos funcionários, quais serão os custos fixos etc.
Se o seu negócio se enquadrar como MEI (Microempreendedor Individual), o registro é bem simples e você não necessitará de contador.
Confira alguns passos:
1 >> Verifique, na prefeitura do seu município, a viabilidade de abrir o negócio desejado no endereço pretendido;
2 >> O registro do CNPJ é realizado no site
3 >> Você deverá encaminhar o alvará na prefeitura do seu município;
4 >> Registrada como MEI, você deverá pagar os impostos mensais (ICMS e/ou ISQN) mais o INSS numa única guia emitida no www.portaldoempreendedor.gov.br e anualmente deverá declarar o valor do faturamento da sua empresa no mesmo portal.

Participe

Você tem perguntas sobre negócios? Envie para geracaoe@jornaldocomercio.com.br ou poste nas redes sociais com a hashtag #GeraçãoExplica que a gente responde. 
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio