Publicada em 28 de Agosto de 2016 às 13:58

Agroindústria lança geleia de erva-mate na Expointer

O produto pode ser encontrado na banca 166 de Sartori (esquerda) e Zanella

O produto pode ser encontrado na banca 166 de Sartori (esquerda) e Zanella


Claiton Dornelles/JC
Marcelo Beledeli, do Rio de Janeiro, especial para o JC
Para quem pensa que erva-mate é só no chimarrão ou chá, vai se surpreender. A cada nova edição da Expointer, em Esteio, uma novidade surge aplicando o ingrediente do chimarrão dos gaúchos.
Este ano uma das apostas é a geleia de erva-mate, lançada pela MZ Alimentos, de Encantado, que já atrai a atenção do público do Pavilhão de Agricultura Familiar. Em outros anos, teve o sorvete do chá, que virou um sucesso. A Expointer promete mais aplicações até dia 4, quando termina o evento no Parque de Exposições Assis Brasil.  
O agricultor familiar Vitório Pedro Zanella conta que a receita foi desenvolvida pela sua filha, a engenheira química Marilete Zanella, usando como base uma pasta feita com chuchu.
"No início, a gente tentou fazer a geleia de mate com pasta de maçã, mas o gosto da fruta predominava. Então trocamos pelo chuchu, por ser neutro", revela o produtor rural.
Segundo o expositor Micael Sartori, também da MZ Alimentos, a geleia de erva-mate tem tido boa aceitação dos consumidores. A recepção é validada em degustações feitas no estande.
Mas o produto não é a única novidade que a agroindústria trouxe para a feira neste ano: os visitantes também podem provar uma geleia de hibisco e outra de tomate.
Para quem pensa que erva-mate é só no chimarrão ou chá, vai se surpreender. A cada nova edição da Expointer, em Esteio, uma novidade surge aplicando o ingrediente do chimarrão dos gaúchos.
Este ano uma das apostas é a geleia de erva-mate, lançada pela MZ Alimentos, de Encantado, que já atrai a atenção do público do Pavilhão de Agricultura Familiar. Em outros anos, teve o sorvete do chá, que virou um sucesso. A Expointer promete mais aplicações até dia 4, quando termina o evento no Parque de Exposições Assis Brasil.  
O agricultor familiar Vitório Pedro Zanella conta que a receita foi desenvolvida pela sua filha, a engenheira química Marilete Zanella, usando como base uma pasta feita com chuchu.
"No início, a gente tentou fazer a geleia de mate com pasta de maçã, mas o gosto da fruta predominava. Então trocamos pelo chuchu, por ser neutro", revela o produtor rural.
Segundo o expositor Micael Sartori, também da MZ Alimentos, a geleia de erva-mate tem tido boa aceitação dos consumidores. A recepção é validada em degustações feitas no estande.
Mas o produto não é a única novidade que a agroindústria trouxe para a feira neste ano: os visitantes também podem provar uma geleia de hibisco e outra de tomate.
Comentários CORRIGIR TEXTO