Giovanna Sommariva

Família teve de vender propriedade para ajudar a pagar os prejuízos da pandemia

Casal vende sítio para salvar distribuidora de produtos automotivos

Giovanna Sommariva

Família teve de vender propriedade para ajudar a pagar os prejuízos da pandemia

Após trabalhar boa parte da sua vida como gerente de um posto de combustível, Laurides Delgado, 46 anos, teve de encontrar outra forma de sustento. Com apenas dois anos de experiência como funcionário em uma empresa do segmento automotivo, o empreendedor decidiu apostar tudo e abrir o seu próprio negócio. Em março de 2018, nasceu a Inova Distribuidora (@inovadistribuidorars). A empresa tem sede em Porto Alegre, no bairro Sarandi, na avenida Bernardino Silveira Amorim, nº 1.126.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Após trabalhar boa parte da sua vida como gerente de um posto de combustível, Laurides Delgado, 46 anos, teve de encontrar outra forma de sustento. Com apenas dois anos de experiência como funcionário em uma empresa do segmento automotivo, o empreendedor decidiu apostar tudo e abrir o seu próprio negócio. Em março de 2018, nasceu a Inova Distribuidora (@inovadistribuidorars). A empresa tem sede em Porto Alegre, no bairro Sarandi, na avenida Bernardino Silveira Amorim, nº 1.126.
"Sempre passei dificuldade, da infância até a minha juventude. Já passei fome e muita necessidade. Vim de uma família muito grande, de interior e com pouco dinheiro. Então, sempre tive a vontade de empreender e ter o meu próprio negócio, crescer na vida e poder dar para as minhas filhas a vida que eu não tive", admite. Porém, ir atrás dos seus sonhos nem sempre é tão fácil quanto pode parecer. Segundo Laurides, as dificuldades ao longo do caminho foram, e continuam sendo, muitas. "Abrimos com um sócio investidor que ficou algum tempo com a gente até que passamos por um momento muito delicado, começamos a sofrer um prejuízo imenso e a situação estava muito difícil. Ele decidiu que queria vender a empresa, e até tivemos algumas propostas, mas eu não estava pronto para desistir", afirma. Laurides e sua esposa e parceira de negócios, Simone, optaram por comprar a parte do sócio e abraçar todo o prejuízo da empresa. "Pode ter sido uma loucura naquele momento, mas eu decidi fazer e ela abraçou muito a ideia, sempre me apoiando e embarcando nas loucuras comigo", brinca.
LUIZA PRADO/JC
Com o início da pandemia e as dívidas acumuladas, o casal teve de vender o sítio da família para ajudar a pagar pelos prejuízos. "Digo que eu tenho muita sorte porque, além da minha mulher, nossas filhas também apoiaram a ideia, principalmente a mais nova, que ainda mora com a gente. Além de fazer o logo da Inova, ela entendeu que alguns sacrifícios tinham de ser feitos, como parar com alguns lazeres e viagens por um tempo. Ela sempre se faz muito presente nas decisões e processos internos da empresa", conta.
Com um neto a caminho, Laurides comemora que, do ano passado para cá, a situação começou a melhorar para a família. "Cada mês que passa é melhor que o anterior. Fomos atrás de mais marcas e fornecedores, e estamos expandindo muito dentro do segmento, diversificando bastante o nosso catálogo. Hoje contamos com três vendedores internos e três externos, atendendo todo o Estado", expõe. Segundo o empreendedor, mesmo sendo uma empresa pequena, a Inova é, atualmente, a maior distribuidora do Brasil, mesmo competindo diretamente com outras sete empresas que vendem os mesmos produtos, e ao mesmo preço. Segundo Simone, isso se dá pela dedicação que eles têm com seus clientes. "Como trabalhamos com poucas marcas, acabamos nos dedicando muito mais do que grandes empresas que possuem diversos produtos, porque nós temos aquilo ali e precisamos vender. Então, damos um retorno maior para os nossos fornecedores", completa a analista financeira.
A família tem como principal objetivo tornar-se referência na área, mantendo exclusividade com as marcas que trabalham. Para o futuro, existem possibilidade de abrirem uma filial no Paraná, estado natal do casal. Ainda neste mês, a empresa participou da Feira de Negócios Repara Sul, em Novo Hamburgo.
Giovanna Sommariva

Giovanna Sommariva - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Giovanna Sommariva

Giovanna Sommariva - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário