RedaçãoE

Mátria Parque de Flores, que teve investimento de R$ 25 milhões, receberá o público no fim de novembro

Parque dedicado às flores abrirá em São Francisco de Paula

RedaçãoE

Mátria Parque de Flores, que teve investimento de R$ 25 milhões, receberá o público no fim de novembro

Um espaço de 135 hectares dedicado às flores abrirá as portas ao público em São Francisco de Paula, nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul. O Mátria Parque de Flores fica em frente à ERS-235 (km 68 da rodovia que liga São Chico a Canela) e recebeu investimento de R$ 25 milhões. A inauguração está prevista para novembro, conforme a assessoria de imprensa.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Um espaço de 135 hectares dedicado às flores abrirá as portas ao público em São Francisco de Paula, nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul. O Mátria Parque de Flores fica em frente à ERS-235 (km 68 da rodovia que liga São Chico a Canela) e recebeu investimento de R$ 25 milhões. A inauguração está prevista para novembro, conforme a assessoria de imprensa.
Inspirado em jardins da Áustria, Suíça e, principalmente, da Itália, o empreendimento turístico apresenta 20 jardins projetados para encantar e ensinar sobre a natureza, combinando espécies vegetais ornamentais com as que oferecem sombra e frutas que, em breve, também poderão ser colhidas pelo visitante. A previsão de permanência é de um a dois dias para a visitação completa do parque.
Pamela Boelter Herrmann/Divulgação/JC
Os jardins do Mátria, criados como obras de arte em grande escala, estão ligados por 8km de caminhos feitos para gerar experiência única de convivência ao ar livre. Outros 4km de trilhas autoguiadas levam os visitantes a conhecer a Mata com Araucária, uma das principais características do bioma Mata Atlântica.
Além de jardins e trilhas na Mata, o parque apresenta elementos da paisagem natural, como os banhados que são áreas de preservação permanente, um lago e as coxilhas do ambiente.
A coleção já plantada no Parque conta com 300 espécies diferentes. São 2 milhões de mudas de flores, com destaque para o roseiral com mais de 22 mil mudas de rosas, cujo material genético foi importado da Alemanha, 12 mil árvores e um túnel de glicínias de 102m de extensão, um dos maiores do mundo. Para o trabalho de irrigação, foram instalados 20 km de equipamentos, com sistema totalmente automatizado.
Pamela Boelter Herrmann/Divulgação/JC
O Mátria Parque de Flores tem projeto arquitetônico assinado por Nicholas Alencar, da Alencar Arquitetura, e projeto paisagístico por Juliana Castro, da JA8 Arquitetura e Paisagem, ambos de Santa Catarina, a partir de estudos da topografia e da flora local. A implantação dos ambientes que misturam arte e conhecimento do parque está a cargo do engenheiro civil Jeferson Mossi da Silva e do engenheiro agrônomo Maicon Possamai Velho.

Deixe um comentário