Júlia Diefenbach

O Gato Sushi, em Porto Alegre, opera das 16h às 23h

Empreendedora abre restaurante de sushi na Tristeza em meio à pandemia

Júlia Diefenbach

O Gato Sushi, em Porto Alegre, opera das 16h às 23h

Trabalhando no ramo da gastronomia desde 2015, Carolina Coelho reinventou seu modelo de negócio durante a pandemia de Covid-19. A empreendedora abriu o Gato Sushi, que funciona todos os dias da semana e por delivery, em julho de 2020, depois de ter seu antigo restaurante, no bairro Meninos Deus, focado em almoço executivo, prejudicado pelas medidas restritivas.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Trabalhando no ramo da gastronomia desde 2015, Carolina Coelho reinventou seu modelo de negócio durante a pandemia de Covid-19. A empreendedora abriu o Gato Sushi, que funciona todos os dias da semana e por delivery, em julho de 2020, depois de ter seu antigo restaurante, no bairro Meninos Deus, focado em almoço executivo, prejudicado pelas medidas restritivas.
O Gato Sushi recebeu esse nome depois de um acontecimento inesperado em frente ao estabelecimento. “Um gatinho foi atropelado na frente do restaurante, nós o adotamos, e foi aí que inventamos o nome Gato Sushi. Em japonês, gato significa filhote, e o sushi é como nosso filhote”, conta Carolina. “Os nomes de restaurantes de sushi sempre são em japonês e muitas vezes nós não sabemos o que significa, então foi uma boa opção”, explica.
A necessidade de empreender no segmento surgiu com as restrições governamentais impostas devido à pandemia, que impactaram o outro negócio de Carolina. “No início, não imaginávamos que ia tão longe”, relata. “Mas desde o primeiro dia em que a pandemia começou e o número de almoços diminuiu de 300 para 40, vimos que a conta não fechava. Apesar do carinho que tínhamos pelo local, era hora de seguir em frente”, diz.
Assim, ela decidiu permanecer no ramo gastronômico, mas com uma proposta diferente. “Vimos que era um mercado legal, já que quase todo mundo faz arroz com feijão, mas sushi é uma coisa que as pessoas não fazem em casa”, pontua a empreendedora. “Tive que aprender bastante, mas também trouxe a experiência da gastronomia contemporânea para o sushi, fazendo peças diferentes”, completa. Hoje, o restaurante conta com combinados, peças e porções, disponíveis em gatosushi.menudino.com.
Segundo Carolina, o restaurante de sushi se adaptou conforme os decretos governamentais, o que gerou alguns desafios. “Trabalhar presencialmente é relativamente mais fácil do que o delivery, já que, para o delivery, precisamos aprender tudo em relação a embalagens, para que a comida não chegue virada, por exemplo”, lembra. Foram vários aprendizados, mas tem valido a pena. “Trabalhar com isso, dando um momento de lazer para grupos de amigos, casais e famílias, tem sido muito divertido e gratificante”, afirma.
O Gato Sushi está localizado na rua Sargento Nicolau Dias de Farias, nº 265. No momento, atua por meio de reservas e com número limitado de clientes. Pedidos de delivery podem ser feitos pelos números de telefone 99771-0378 e 3391-9133, ou pelo perfil da marca no Instagram (@gatosushipoa).
MARIANA ALVES/JC
Júlia Diefenbach

Júlia Diefenbach - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Júlia Diefenbach

Júlia Diefenbach - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário