O Bar da Gràcia abriu recentemente em Porto Alegre e é especializado em gastronomia internacional

Barcelona é a inspiração de novo bar no bairro Bom Fim


O Bar da Gràcia abriu recentemente em Porto Alegre e é especializado em gastronomia internacional

Num período em que a recomendação é ficar em casa, sem viagens internacionais, nada melhor que poder percorrer o mundo através da gastronomia. Em Porto Alegre, recentemente, abriram diversos locais inspirados em destinos do exterior.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Num período em que a recomendação é ficar em casa, sem viagens internacionais, nada melhor que poder percorrer o mundo através da gastronomia. Em Porto Alegre, recentemente, abriram diversos locais inspirados em destinos do exterior.
Um deles é o Bar de Gràcia, na avenida Osvaldo Aranha, n° 788, no bairro Bom Fim. O restaurante oferece, além de um cardápio com referências da culinária espanhola, bar, café e espaço para coworking no segundo piso. O negócio mistura a experiência da arquiteta Graziela Becker, que morou em Barcelona, e do chef Chico D'Avila, conhecedor de gastronomia internacional. "A ideia do restaurante nasceu do otimismo, pois queríamos construir um local que as pessoas quisessem frequentar num mundo pós-pandemia. O Chico, por já ter vivido em Madrid, topou de cara embarcar nesse projeto", conta Graziela.
O bairro de Gràcia e a grande festa de mesmo nome realizada, anualmente, em Barcelona, na Espanha, são a fonte de inspiração em todos os elementos do negócio, trazendo um pedacinho da Catalunha à capital dos gaúchos. A festa do santo padroeiro de Gràcia (São Bartolomeu) apresenta como atrações as famosas torres humanas (castellers), os desfiles dos gigantes (gegants), dos dragões (dracs) e das cabeças grandes (capgrossos). Umas mais originais, outras coloridas, mas sempre cercadas de muita beleza. E essas criações artesanais se fazem presentes não só na decoração do Bar de Gràcia, mas, sobretudo, no que chega ao prato. "Eu morei no bairro de Gràcia enquanto estive na Espanha e o festival é realmente uma coisa muito bonita. Dura 10 dias, e tem programações tanto de dia como à noite. Todo o bairro comemora. Queremos trazer isso para o nosso bar", relata Graziela.
Um dos grandes diferenciais, segundo os sócios, é o processo 100% artesanal. Desde os pães, passando pelos molhos, pastas e geleias, tudo é produzido no local. Entre os destaques, estão as tradicionais tapas. Além de releituras de pratos nacionais com um toque espanhol, como por exemplo, o burger. Entre as bebidas, há sangria, as famosas claras e uma variedade de cervejas.
"A culinária espanhola é rica em temperos e eu como chef fico satisfeito com a qualidade da gastronomia de lá. No entanto, no nosso cardápio, as coisas são um pouco diferentes. Tivemos o menu do Dia das Mães que foi 100% espanhol, mas para o Dia dos Namorados 80% dos ingredientes são espanhóis. A ideia é não ficar preso na receita", exemplifica o chef.
O Bar da Gràcia abriu no dia 12 de abril e a demanda vem aumentando, mesmo que num ritmo lento por conta da pandemia. "O Bom Fim ainda está nos conhecendo, mas já estamos criando vínculos com a clientela. Acreditamos que hoje somos o único bar espanhol da cidade que ainda está em funcionamento, então percebemos que vem acontecendo uma identificação com o negócio", considera Chico.
Dentre as tapas mais famosas do bar, encontram-se as croquetas, que são uma espécie de bolinho espanhol feito com molho bechamel e recheio. O local oferece os sabores de presunto cru, queijo, frango e espinafre.
O Bar de Gràcia funciona das 9h às 18h, aos domingos e segundas, e nos outros dias das 9h às 23h. Há serviço de delivery e takeaway.

Deixe um comentário