Pâmela Maidana

Em menos de três meses, a Caramelada conseguiu se estruturar para abrir as portas

Escola de Educação Infantil inaugura na retomada das aulas

Pâmela Maidana

Em menos de três meses, a Caramelada conseguiu se estruturar para abrir as portas

Alguns negócios nascem de sonhos de longa data, já outros, como é o caso da Escola de Educação Infantil Caramelada, acontecem porque empreendedoras e empreendedores encontram uma brecha no mercado e resolvem investir. As irmãs Simone Bombassaro, gestora, e Maria Cláudia Bombassaro Callegari, pedagoga, começaram a pensar no projeto no segundo semestre do ano passado, mas foi em 2021 que o negócio começou a tomar forma. Em 75 dias, as empreendedoras conseguiram adequar a escola para receber os alunos, que conseguiram voltar às aulas no dia 3 de maio, depois de mais de um ano de aulas remotas por conta da pandemia.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Alguns negócios nascem de sonhos de longa data, já outros, como é o caso da Escola de Educação Infantil Caramelada, acontecem porque empreendedoras e empreendedores encontram uma brecha no mercado e resolvem investir. As irmãs Simone Bombassaro, gestora, e Maria Cláudia Bombassaro Callegari, pedagoga, começaram a pensar no projeto no segundo semestre do ano passado, mas foi em 2021 que o negócio começou a tomar forma. Em 75 dias, as empreendedoras conseguiram adequar a escola para receber os alunos, que conseguiram voltar às aulas no dia 3 de maio, depois de mais de um ano de aulas remotas por conta da pandemia.
“Em função da pandemia, muitas escolas se perderam nesse período e muitas famílias se desvincularam das escolas. E nessa necessidade de pensar primeiro nos alunos que a gente entendeu que é preciso oferecer uma educação diferenciada de qualidade”, explica Simone. A Caramelada fica localizada na rua Ildefonso Simões Lopes, n° 145, no bairro Três Figueiras, em Porto Alegre. As matrículas estão abertas para crianças de 11 meses até 5 anos.
O diferencial da escola, de acordo com Simone e Maria Cláudia, é que o primeiro pensamento é para os alunos, o que funciona para eles. “Nossa escola é para as crianças, então tudo aqui é pensado de uma maneira que o desenvolvimento dos pequenos seja mais adequado. Nosso espaço é grande e possuímos duas áreas externas, tudo pensado neles, assim como os brinquedos e as atividades.” Outra diferença da Caramelada é que não há taxa de matrícula, e tudo que a criança possa vir a precisar já está incluído na mensalidade, como fraldas, material escolar, e passeios extraclasse.
As empreendedoras acreditam que a retomada está sendo muito positiva para as crianças, pois para muitas é a primeira vez em uma escola, já que algumas não tiveram a experiência por conta da pandemia. “Está sendo fundamental esse momento para expandir as relações entre as crianças. É uma experiência ímpar acompanhar as crianças nesse período, pois as coisas mudaram bastante por conta da pandemia. A gente vê crianças que estão com medo de se aproximar das outras crianças, e percebe que o repertório delas também está diferente.”
Segundo as irmãs, a retomada das aulas também está sendo importante para os pais. “Os pais foram para o home office e as crianças para as aulas remotas. Foi demandado dessas famílias uma reorganização da rotina. A volta às aulas traz saúde mental para todos, pois os adultos podem trabalhar com mais tranquilidade e as crianças podem ficar com outras crianças.” A Caramelada tem jornada integral das 7h30min às 18h, jornada parcial, das 7h30min às 12h (manhã), e das 13h às 18h (tarde). Também tem a opção de horário ampliado até 19h, conforme necessidade da família.
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário