Mauro Belo Schneider

Lâmina transparente com abertura para passagem de entregas foi desenvolvida por gráfica de Porto Alegre

Novidade evita que infectados por Covid percam contato com outras pessoas

Mauro Belo Schneider

Lâmina transparente com abertura para passagem de entregas foi desenvolvida por gráfica de Porto Alegre

Foi lançada, em Porto Alegre, uma novidade que promete proporcionar segurança na convivência com infectados pela Covid-19. A experiência como dono da gráfica Grafjet Convites e os desafios de se deparar com o filho diagnosticado com a doença fizeram com que Alexandre Graziadio criasse a Door Shield. Trata-se de uma porta plástica transparente com uma abertura para que entregas, medicamentos e alimentos sejam passados à pessoa isolada.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Foi lançada, em Porto Alegre, uma novidade que promete proporcionar segurança na convivência com infectados pela Covid-19. A experiência como dono da gráfica Grafjet Convites e os desafios de se deparar com o filho diagnosticado com a doença fizeram com que Alexandre Graziadio criasse a Door Shield. Trata-se de uma porta plástica transparente com uma abertura para que entregas, medicamentos e alimentos sejam passados à pessoa isolada.
A vantagem descrita na embalagem é que o item bloqueia gotículas ao mesmo tempo em que ajuda na saúde emocional do paciente, já que ele continuará observando o que ocorre ao seu redor. A lâmina pode ser usada em portas de até 90cm por 2.10m e é fixada com adesivos de velcro. Caso o banheiro, por exemplo, fique em outro cômodo, basta soltar os fixadores.
Nathan Carvalho/Divulgação/JC
“Nosso filho, de 20 anos, pegou Covid-19 e passou a ficar triste, desanimado. Achamos que era iminente o risco de uma depressão. Queríamos poder ter pelo menos alguma interação, um contato visual”, detalha Alexandre.
No oitavo dia de isolamento, tarde da noite, o empreendedor lembrou que havia sobrado material transparente em sua gráfica. Testou a solução, ainda sem aperfeiçoamentos, e viu a vida da família mudar. Ali, se deu conta que podia proporcionar a mesma felicidade para outras pessoas.
“Na madrugada, fizemos a primeira refeição em família. Ele no quarto e nós no corredor. De forma segura, estávamos convivendo novamente. Foi transformador para todos nós até o final do inevitável isolamento”, celebra.
A Grafjet atua há 30 anos no ramo de convites para eventos no Brasil, mas desde março de 2020 foi atingida pela pandemia. A Door Shield, no momento, é uma aposta para superar o período difícil.
A comercialização é feita pelo site www.doorshield.com.br, mas há tratativas para disponibilizar a venda em outros canais, como lojas especializadas em produtos hospitalares, geriatria e saúde, farmácias e distribuidores. O custo no site é de R$ 89,90.
Nathan Carvalho/Divulgação/JC
Além do isolamento dentro de casa, a Door Shield, segundo Alexandre, pode ser usada na porta de residências de idosos ou pessoas que temam a contaminação, para o recebimento de entregas em geral, e para casas de repouso e geriátricas, permitindo um reestabelecimento de visitas de forma mais próxima e segura.
“A parte mais importante dessa nova forma de ficar isolado, que permite deixar a porta original do ambiente aberta e estar protegido com a Door Shield, é o conforto emocional de todos, com o contato visual preservado”, afirma Alexandre.
Mauro Belo Schneider

Mauro Belo Schneider - editor do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Mauro Belo Schneider

Mauro Belo Schneider - editor do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário