Guilherme Jacques

O plano é que, até o próximo verão, a estrutura completa esteja em operação

Novidade na Padre Chagas mistura coworking gratuito e gastronomia

Guilherme Jacques

O plano é que, até o próximo verão, a estrutura completa esteja em operação

Uma das mais tradicionais e badaladas ruas de Porto Alegre, a Padre Chagas, ganhou uma nova atração. Trata-se do Mosaico, restaurante que, em três ambientes, abriga sushi bar, living room com espaço para coworking gratuito e terraço gourmet. O primeiro andar, onde antigamente funcionava o Café do Porto, já está em operação desde dezembro. Segundo o CEO da Multi Empresas RS, Alfredo Luiz Pinto, responsável pelo empreendimento, os detalhes dos outros andares ainda estão em discussão.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Uma das mais tradicionais e badaladas ruas de Porto Alegre, a Padre Chagas, ganhou uma nova atração. Trata-se do Mosaico, restaurante que, em três ambientes, abriga sushi bar, living room com espaço para coworking gratuito e terraço gourmet. O primeiro andar, onde antigamente funcionava o Café do Porto, já está em operação desde dezembro. Segundo o CEO da Multi Empresas RS, Alfredo Luiz Pinto, responsável pelo empreendimento, os detalhes dos outros andares ainda estão em discussão.
Há, porém, a definição de que o segundo piso terá um ambiente híbrido. Batizado de living room, a ideia é dar ao local um tom aconchegante e intimista. E, aproveitando a onda de profissionais em trabalho remoto, haverá um espaço que poderá funcionar como coworking. “Com a realidade do home office instaurada, surgiu a necessidade de espaços compartilhados de trabalho. Assim, será possível, das 11h às 18h, através de reservas, usar as mesas como estações de trabalho. Além delas, teremos uma sala de vidro, ideal para reuniões estratégicas. Planejamos um ambiente integrado, onde, após o trabalho, é possível dar uma esticadinha para um happy hour”, explica Alfredo Luiz.
O terceiro andar, ainda em planejamento, apostará nas confraternizações ao ar livre, tendência na retomada de atividades pós-pandemia. A ideia da operação no terraço é ser uma extensão dos outros dois andares, mas com forte apelo aos ambientes próprios para happy hour. “O terceiro andar, embora ainda em elaboração, está muito inclinado a ser um terraço gourmet. É um projeto para o próximo verão. Serão três estruturas distintas, mas que se completarão em harmonia”, revela.
Sobretudo, Alfredo Luiz explica que o objetivo do Mosaico (@mosaicobierfood) é oferecer uma gastronomia democrática. “Nascemos e ainda estamos enfrentando, com muita resiliência, todas as medidas restritivas causadas pela pandemia. Buscamos, desde sempre, ser um espaço democrático e acolhedor, como a extensão da nossa casa. Uma excelente forma de entender é vir conhecer. Afinal, o Mosaico, não se define, se vive. É uma experiência”, ressalta.
Guilherme Jacques

Guilherme Jacques - estagiário do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Guilherme Jacques

Guilherme Jacques - estagiário do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário