Pâmela Maidana

A Marciano's Prime Burguer inaugura sua terceira loja

Instalação de hamburgueria extraterrestre chama atenção em frente ao Beira-Rio

Pâmela Maidana

A Marciano's Prime Burguer inaugura sua terceira loja

Dar um nome ou sobrenome próprios para um empreendimento é algo comum. Mas e quando é Marciano? Bom, gera ainda mais curiosidade do público acerca do negócio e estimula que ele tenha temática extraterrestre. Foi o que aconteceu com a Hamburgueria Marciano's, que está instalando, em frente ao estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, sua terceira unidade. Os ETs no telhado despertam comentários nas redes sociais.  

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Dar um nome ou sobrenome próprios para um empreendimento é algo comum. Mas e quando é Marciano? Bom, gera ainda mais curiosidade do público acerca do negócio e estimula que ele tenha temática extraterrestre. Foi o que aconteceu com a Hamburgueria Marciano's, que está instalando, em frente ao estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, sua terceira unidade. Os ETs no telhado despertam comentários nas redes sociais.  
“Estava buscando o meu filho na escola, e passamos pelo Mc Donald's. Para variar, a fila estava grande. Então, meu filho disse: 'Pai, tu que gosta de hambúrguer, deveria abrir uma hamburgueria com o teu nome. Criar o Marciano's Burguer’. A partir dali, comecei a estudar sobre o assunto, descobri que não existia uma hamburgueria com esse nome e que poderia registrá-la", lembra Marciano Schussler, um dos sócios da Marciano's Prime Burguer, que está investindo na terceira unidade.
Com o lema "Somos uma hamburgueria de outro planeta", a temática da Marciano's tem inspiração no Caso Roswell, um dos primeiros envolvendo a aparição de UFO (Objeto Voador Não-Identificado) na cidade de Roswell, nos Estados Unidos, em 1947. “Os nomes dos hambúrgueres são inspirados no caso, então temos o Marciano's, Aréa 51, Marte, E.T, entre outros. Com pão brioche, triplo smash, burger, queijo cheddar, vinagrete, cebola roxa, bacon e molho da casa. Nosso campeão de vendas, sem dúvidas, é o Marcianos, o hambúrguer da casa. Ele custa R$ 38,00 sozinho e R$ 44,00 no combo, que acompanha fritas e refri ou água."
arquivo pessoal/divulgação/jc
A Marciano's Prime Burger abriu sua primeira loja em janeiro de 2019, dentro do Hotel Embaixador, no Centro Histórico de Porto Alegre, e, segundo o empreendedor, é a primeira hamburgueria do Brasil a funcionar dentro de um hotel. Atualmente, há outra loja na Rio Branco (temporariamente fechada) e, recentemente, abriu o Complexo Marciano's, na esquina da Rua Otávio Dutra, nº 20, no bairro Menino Deus, em frente ao Gigantinho, num sistema soft open, funcionando por pegue e leve.
“Em menos de um ano, estávamos com duas unidades da Marciano's. Em março, veio a pandemia, então na loja da Rio Branco operamos por três meses e meio. Optamos por ficar operando a loja do hotel na modalidade de delivery. A expansão para a terceira loja começou no momento da pandemia porque a economia não pode parar. Respeitamos todos os decretos, mas temos veia empreendedora, então se nos acomodarmos, fica pior. Hoje, estamos com 12 empregados no Complexo Marciano's, mas nosso objetivo é empregar mais de 50 pessoas. Acreditamos que vamos abrir mais vagas futuramente. Queremos ajudar os trabalhadores que estão sem emprego”, diz o empreendedor.
Diferentemente da matriz, o Complexo Marciano's terá mais opções, tanto de pratos quanto de bebidas. “É um projeto totalmente novo. Vamos ter os nossos hambúrgueres tradicionais e ala minutas, mas também vamos ter pizza, massas e petiscos. Uma seleção de vinhos e chopes artesanais. Com espaço Kids no segundo andar e um container na frente para quem não quiser entrar na casa. O Complexo quer ser o lugar para todos os gostos, desde as pessoas que estavam passando por ali e decidiram experimentar um chope até quem quer ter uma experiência gastronômica mais completa. O espaço também possui um bicicletário”, explica Marciano.
arquivo pessoal/divulgação/jc
Segundo o empreendedor, o próximo passo da Marciano's é a expansão para franquias. “Contatamos o Sebrae e fizemos um planejamento para franquear, mas em virtude da pandemia resolvemos segurar um pouco. Restaurantes de hotel tem hambúrgueres, mas como somos uma hamburgueria é algo inusitado, e os hóspedes ficam com vontade de experimentar. Recebemos clientes de todo Brasil, e muitos deles têm a vontade de levar a franquia com eles. Recebemos ofertas de outras cidades do Rio Grande do Sul, como Canoas, São Leopoldo e Bento Gonçalves, mas também de outros estados do Brasil, como São Paulo, Recife, Bahia entre outros”, finaliza.
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário