Pâmela Maidana

Além do substituto do laticínio, o O.V.N.I Vegano possui proteínas e pratos prontos sem origem animal

Empreendedores apostam na produção de queijos veganos em Porto Alegre

Pâmela Maidana

Além do substituto do laticínio, o O.V.N.I Vegano possui proteínas e pratos prontos sem origem animal

A vontade de empreender no ramo de produtos veganos já era antiga para Vitor de Conto. Em agosto, o plano saiu do papel e, com sua namorada Roberta Curra e seu pai Carlos Fernando De Conto, ele abriu a O.V.N.I Vegano, loja de produtos sem origem animal vendidos por delivery em Porto Alegre. Com produção própria, os queijos desenvolvidos a partir de leites e insumos vegetais são os preferidos pela clientela. 

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

A vontade de empreender no ramo de produtos veganos já era antiga para Vitor de Conto. Em agosto, o plano saiu do papel e, com sua namorada Roberta Curra e seu pai Carlos Fernando De Conto, ele abriu a O.V.N.I Vegano, loja de produtos sem origem animal vendidos por delivery em Porto Alegre. Com produção própria, os queijos desenvolvidos a partir de leites e insumos vegetais são os preferidos pela clientela. 
Foi durante um intercâmbio em Londres, há mais de 10 anos, que Vitor experimentou, pela primeira vez, queijos e outros produtos sem origem animal, e ficou surpreso por perceber que não deixavam a desejar no sabor. Naquela época, o empreendedor não tinha interesse, ainda, na fabricação de queijos, pois era ovolactovegetariano (dieta vegetariana em que se consome ovo, leite e seus derivados). “O meu foco sempre foi elaborar embutidos e fake meats, que são os substitutos de carnes feitos com proteínas vegetais. Os queijos veganos surgiram quando percebi que existia uma demanda forte, principalmente do público vegano, que já tinha oferta para os substitutos das carnes, mas ainda não para os de laticínios, pelo menos não em abundância”, explica.
Nos últimos três anos, Vitor estudou e elaborou testes dos produtos, e, cada vez mais, foi desenvolvendo receitas de queijos. “Desde a abertura da loja, triplicamos os experimentos com queijos vegetais, que são os produtos mais vendidos”, conta o empreendedor, ressaltando que todo o processo de preparação dos queijos é feito de forma artesanal. “Para trazer o gosto semelhante ao queijo vaca, nós fermentamos o leite vegetal ou a pasta que, mais tarde, vai virar o queijo. Temos queijos que ficam prontos em 24 horas. Já outros processos podem durar até 60 dias, que são os queijos com fungos, como os queijos azuis, estilo gorgonzola” explica Vitor.
Os valores dos queijos, vendidos por encomenda, variam de acordo com o tipo do produto. O mais caro é o cheddar americano, de 430g, que custa R$ 22,00. Os mais baratos são cream cheese e o manteiga, que custam R$ 12,00 cada e tem 200g. Além de queijos, o O.V.N.I vende proteínas vegetais, pratos prontos, doces e cerveja artesanal, tudo sem origem animal. 
Com um investimento inicial de R$ 50 mil, eles alugaram um espaço e comparam os itens necessários para a produção, como panelas e liquidificadores. O plano do trio é, em breve, inaugurar uma parte para atendimento direto ao público, com produtos de fabricação própria e de parceiros disponíveis à pronta-entrega. 
Para Vitor, as pessoas ainda têm uma resistência aos produtos sem origem animal. “Muitas pessoas ainda desconhecem o que significa ser vegano, e muitas outras têm a impressão de que tudo que é vegano é ruim ou muito saudável. Nós, justamente, temos em mente a criação de produtos que podem servir tanto para veganos quanto para quem não é. Buscamos fazer produtos inovadores, mas, acima de tudo, gostosos”, pontua Vitor. A loja, que trabalha com produtos por encomenda e à pronta-entrega, fica situada na rua Castro Alves, n° 373, no bairro Independência. As encomendas podem ser feitas pelo WhatsApp (99390-2364) ou pelo Instagram (@o.v.n.i.vegano).
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário